Home / Marvel / Motoqueiro Fantasma pode deixar a Marvel

Motoqueiro Fantasma pode deixar a Marvel

post-1

Vocês se lembram quando a Marvel resolveu foder a vida do criador do Motoqueiro Fantasma, Gary Friedrich, proibindo o cara de falar qualquer coisa sobre o personagem? Parece que o troco tá chegando e a Marvel pode tomar na toba, dessa vez.

Tudo isso porque Friedrich entrou com um processo contra a Marvel, alegando que os direitos do personagem deveriam ter retornado para ele em 2001. No primeiro processo, o cara tomou uma pedalada, mas na apelação, levou a melhor. O juíz do caso, Denny Chin, ainda questinou a relação da Marvel com os autores da época, o que pode dar uma quizumba danada se todo mundo resolver pegar seus personagens de volta.

Enfim, saiu hoje no Bleeding Cool, que Gary Friedrich vai a juri popular contra a Marvel no dia 4 de novembro.

Rapaz, se Friedrich ganhar essa, pode causar uma puta revolução no mercado de quadrinhos dos EUA. Uma porrada de autor pode entrar com processos, tirar personagens das grandes editoras e se bandear para outras menores, porém expressivas. Imagina só: Todd Mcfarlane pode licenciar o Motoqueiro Fantasman com o Friedrich e incluí-lo no universo do Spawn assim como a Marvel fez com a Angela do Neil Gaiman. Cagar na meia e girar não é nada perto disso.

Sobre Colaborador col

Além disso, verifique

[A gente lemos COM SPOILEREZES] Júlia, aventuras de uma criminóloga, 1 a 3 (reedição em formato italiano)

2019 foi um ano e tanto para a relação Brasil-Itália, e não tô falando dos …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.