Home / A Gente Vimos / Marco Polo na CCXP

Marco Polo na CCXP

Aí, nerds malditos, vocês tão ligados na nova série original da Netflix, Marco Polo?

marcopolo01

A série teve um painel na CCXP, no qual estava presente o elenco principal e também um bate-papo da imprensa com os atores e o produtor executivo Patrick Macmanus. E, por incrível que pareça, o MdM foi convidado para esse encontro!

A primeira coisa notável é que o elenco parecia muito feliz de estar na CCXP. Lorenzo Richelmy, o ator italiano que interpreta o personagem-título, começou o papo comentando que essa era tanto a primeira Comic-Con do Brasil quanto a deles, já que era o primeiro grande evento no qual eles estavam indo para divulgar a série.

A atriz canadense Olivia Cheng (Mei Lin) comentou a coragem da série de não colocar ninguém dos Eua no elenco principal, e sobre como a produção permitirá que pessoas de origem asiática (como ela mesma) conheçam mais sobre a cultura asiática do século 13.

Todos ressaltam o cuidado da produção de usar o máximo de locações externas possível, e também com os figurinos que ajudam a contar a história tanto quanto os personagens. Parte desses figurinos da série estava disponível no estande da Netflix e é realmente impressionante o capricho que tiveram na sua confecção.

Chin Han (Jia Sidao), um veterano do universo nerd com participações em Batman – O Cavaleiro das Trevas, Capitão América – O Soldado Invernal e na série Arrow, ressalta a preocupação com a fidelidade histórica em Marco Polo, e cita o exemplo de que quase todos os personagens com fala no primeiro episódio são realmente personagens históricos.

marcopolo02

Mas e a série em si, vale a pena? No painel dedicado a Marco Polo (que estava bem cheio, por sinal), pudemos ver o primeiro episódio, “Os Viajantes”.

O brother Leo Finocchi veio ver comigo, pois sabe-se lá por quê o cara adora essa época histórica e já leu bastante sobre Gengis Khan e seu neto Kublai Khan, retratado na série. Mesmo tendo observado várias derrapadas históricas (a maioria em função da trama), a produção impressiona por ser muito mais fiel que a maioria das reconstruções históricas de cinema e TV dos Eua.

Nesse primeiro episódio, acompanhamos Marco Polo e seus familiares sendo capturados por forças do imperador mongol Kublai Khan (Benedict Wong). Após uma negociação que muda para sempre a vida do jovem Marco Polo, um flashback nos mostra como a longa jornada que começou em Veneza chegou até este ponto. Enquanto Marco Polo começa seu treinamento nas artes e costumes de seu novo povo, vemos as primeiras movimentações de forças opositoras a Kublai Khan.

O clima de aventura e intriga palaciana, junto com uma boa dose de sexo e violência, faz com que claramente Marco Polo seja um “Game of Thrones do Netflix”, o que está longe de ser ruim, já que a Netflix é bem mais acessível.

Apesar de não deixar muito claro que rumo a trama irá tomar, esse primeiro episódio deixa claro o investimento que fez dessa a produção mais cara da Netflix até hoje (90 mijones de doletas por 10 episódios!), pois toda a parte visual e ambientação da série são de uma qualidade impressionante, e terminei o episódio muito curioso em saber como será a continuação.

Lembrando, Marco Polo está disponível na Netflix a partir de hoje! Esse não tem na Locadora do Ultra!

 

Sobre Nerd Reverso

O que esse cara ainda tá fazendo aí? VAI EMBORA DO AMÉRICA!!!

Além disso, verifique

A Gente Vimos: Crise nas Infinitas Terras partes 4 e 5 (final) – com spoilers

Pra você que não viu e quer saber o que rolou antes, mas não quer …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.