Home / Eventos / Coletivo Tesla estreia nova HQ na ComicCon RS

Coletivo Tesla estreia nova HQ na ComicCon RS

aka_01

Se você achava que o Tesla HQ ia ficar só no Dies Irae, você estava enganado! Este ano o coletivo retorna para a ComicCon RS e com uma nova HQ, desta vez edição impressa: Aka e as Lutas Bestiais.

Segundo a galera do coletivo, a ideia de “Aka e as Lutas Bestiais” foi fazer uma HQ cheia de adrenalina, e humor nonsense sem apelar para um protagonista “machão” ou uma protagonista “homem de saia”. Na história, o Clube Alpha Y, onde somente homens são sócios, mulheres são colocadas para lutarem em um ringue onde se tornam bestas super poderosas. A jovem lutadora Aka está na grande final, mas coisas ainda mais estranhas
e perigosas começam a acontecer. Um robô romântico depressivo, um cantor espacial, uma explosão nuclear acidental, um empresário anão com máscara de luta mexicana e muitas outras conspirações cheias de rancores machistas estão pelo caminho de Aka, que tem como sua única aliada uma velha ninja transsexual (que lembra muito a Laerte).

A HQ com roteiro de Frank Tartari Fialho e desenhos de Thiago Danieli e Adan L. Marini, formato 14,5x21cm, capa colorida e 16 páginas de história em preto e branco.

aka_04

aka_05

Para quem não sabe, o Tesla foi fundado por quadrinista da cidade de Caxias do Sul em
2014 e desde então publica digitalmente a minissérie “Dies Irae” através
do Mais Gibis e da Comix Trip (e este que vos escreve teve o prazer de estar entre seus membros fundadores, embora não esteja envolvido nesta HQ em particular).

A galera do Tesla vai estar presente no Artists Alley da ComicCon RS, que acontece nos dias 22 e 23 de Agosto na Ulbra Canoas (Rio Grande do Sul), especialmente para o lançamento da HQ.

Bão, quem segue acompanhando o trabalho do Tesla e pretende ir na CCRS, não custa nada dar uma passada no Artists Alley, conferir a HQ e trocar uma ideia com os autores. Se comprarem, leiam e façam resenha, nem que seja para dar nota 7, como o Change fez com Dies Irae, eheuheuehueheuheuheue (peraí, do que eu to rindo?).

Sobre Algures

Oi, meu nome é Algures e eu tenho 35 anos (ou teria, se estivesse vivo). Compartilhe esse post com 20 pessoas e minha alma estará sendo salva por você e pelos outros 20 que receberão. Caso não repasse essa postagem, vou visitar-lhe hoje à noite. Dia 15 de Julho, José resolveu rir desse post, uma noite depois ele sumiu sem deixar vestígios. O mesmo aconteceu com Maria dia 18 de Outubro. Não quebre essa corrente, por favor, a não ser que queira sentir a minha presença (atrás de você).

Além disso, verifique

Pacotão de reviews

Como isso aqui tá mais parado que o olho de vidro do Colin Hay nos …