Home / A Gente Lemos / Agente lemos: Batman e Hortelino

Agente lemos: Batman e Hortelino

Um dia Tom King chamou Dan Didio para conversar.

Ele queria falar pro editor da DC que queria escrever um one-shot. Que ele tinha tempo pra escrever algo curto e que precisava de uma ideia… E que, de preferência, fosse algo relacionado ao Batman.

Didio então falou que tinha um gibi pra ele… Mas ele não conseguia terminar a frase, pois estava se acabando de tanto rir.

Depois de esperar os ataques de riso do Didio passarem, Tom King recebeu a resposta:

Você quer fazer um gibi do encontro do Hortelino com o Batman?

Primeiro Tom King achou que Didio estava sacaneando ele. Depois ele viu que era sério! O editor da DC queria mesmo que Tom King escrevesse um crossover do Hortelino dos Looney Tunes com o Batman!!!!

Didio disse que Tom iria trabalhar com Lee Weeks nesse gibi. Quando Tom contou a Weeks do crossover, esse também demorou a acreditar que era sério e incialmente recusou o projeto… Até que começou a rascunhar alguns desenhos do Hortelino e mandou pro Tom King.

Os desenhos que o Lee Weeks enviou pro Tom King tinham um tom noir, bem melancólico, com o Hortelino mais puxado pro real que pro cartum. Tom King disse que estava pensando em um roteiro mais cartunesco até que viu o primeiro rascunho do Lee Weeks, e aí decidiu que iria fazer um conto noir envolvendo os dois personagens!!! Weeks ficou empolgado e aceitou desenhar a revista.

A partir daí os dois resolveram fazer desse trabalho um gibi memorável. Tom King disse que o crossover do Batman com o Hortelino seria fortemente inspirado em Batman Ano Um – e que ele queria se aproximar da qualidade do roteiro do Frank Miller. Lee Weeks disse que fazia tempo que ele não se empenhava tanto em seus desenhos e também disse que é aqui que as pessoas veriam o melhor de sua arte em anos!

Então temos um dos melhores roteiristas da atualidade e um dos desenhistas mais consagrados dos quadrinhos dizendo que fariam o seu melhor trabalho em um crossover com o Batman e Hortelino!!!!!!

Então nesse crossover temos duas histórias.

A primeira é sim um conto noir, onde o Hortelino está à procura do Pernalonga, que matou a sua esposa. Pernalonga conta que ele só matou sua esposa porque foi Bruce Wayne que o contratou, e aí vemos o Hortelino Troca-Letras indo até Gotham pra matar o playboy.

O roteiro de King é maravilhoso. A história é simples, com um excelente plot twist no final e é recheada de easter eggs e versões humanizadas de personagens como Frangolino, Patolino, Frajola, Gaguinho, Piu-Piu, Marvin, Demônio da Tasmania, etc. A luta entre o Hortelino e Batman é sensacional e é uma história digna da historiografia do Morcego. E os desenhos do Lee Weeks realmente estão incríveis. Dá pra ver como ele se empenhou e sua arte está bonita como nunca.

Na segunda história Tom King escreve um episódio do Looney Tunes protagonizado pelo Hortelino, Batman e Pernalonga. Essa história é baseada naquele clássico episódio dos Looney Tunes onde o Pernalonga e Patolino brigam pra definir se é temporada de caça de Coelho ou de Pato. Só que aqui o Batman está no lugar do Patolino.

Caras, o crossover do Batman com o Hortelino é uma excelente surpresa nesse bando de bosta que está os gibis mensais da DC e da Marvel. É uma puta história do Batman e uma puta homenagem aos Looney Tunes e ao Hortelino Troca-Letra, esse personagem pouco valorizado dos desenhos animados.

Uma história rápida, bem escrita, emotiva e surpreendente, com desenhos MARAVILHOSOS do Lee Weeks.

Eu, como fã do Batman, fã do Lee Weeks e fã do Looney Tunes, só posso dar Nota 10! Recomendo fortemente a leitura.

Sobre Change

“Sabe outra coisa impossível? Um gorila montado no capitão América. Não sei pq achei essa imagem na internet, mas é sensacional”

Além disso, verifique

Podcast MdM #439: O review AO VIVO da Liga da Justiça!

No podcast de hoje Change, Hell, Nerd Reverso, Leo Finocchi, Adriana Melo, Maximus, Dudu Sales …

[fbcomments url="" width="675" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]