Home / Cinema / Top 5,5 Filmes menos conhecidos do Wes Craven

Top 5,5 Filmes menos conhecidos do Wes Craven

wc

Creio que vocês já devem estar sabendo, mas domingo foi anunciado o falecimento de Wes Craven, produtor, roteirista e diretor responsável por diversos filmes (a maior parte deles de terror) nos últimos 40 anos. Uma grande perda para o cinema de terror e, por conta disso, vale a pena fazer algum tipo de homenagem aqui no MDM.

E, se você é um dos que conhece Wes Craven apenas pelos filmes do Freddy Kruger ou a quadrilogia Pânico (que recentemente teve uma versão seriada pela MTV), aqui vai alguns filmes dirigidos pelo cineasta que talvez você não conheça (ou conheça e nem saiba que é dele):

 

5. Um Vampiro no Brooklyn (Vampire in Brooklyn, 1995)
vb
Você lembra aquele fime do Eddie Murphy onde ele é um vampiro? Pois é, é dirigido pelo Craven! Na história, Murphy é um vampiro excêntrico que chega ao Brooklyn, em Nova York, à procura da mulher ideal, que no caso é uma policial atornmentada por pesadelos. Se eu não me engano, é talvez o primeiro filme, ou um dos primeiros filmes em que o ator interpreta diversos papéis (mas posso estar enganado, não confirmei essa informação Na verdade, o primeiro filme em que ele interpreta diversos papéis é Um Príncipe em Nova York, como bem me lembraram no twitter, aquela ferramenta inútil, segundo o Change).

 

4. Aniversário Macabro (The Last House on the Left, 1972; 2009)
lhotl
Considerado o primeiro filme escrito, editado e dirigido pelo Wes Craven, a história segue duas adolescentes que são torturadas por psicopatas que, mais tarde, irão abrigo na casa dos pais de uma delas. O filme teve uma refilmagem em 2009. Esse tema de pessoas torturadas/perseguidas por maníacos seria recorrente nos filmes do cineasta, sendo um dos exemplos mais clássicos o segundo lugar dessa lista:

 

3. Criaturas atrás das Paredes (The People Under the Stairs, 1991)
puts
Assim como John Carpenter, Wes Craven fez diversos filmes de terror que possuíam uma estrutura bem diferente do que vemos hoje nos formulaicos filmes de terror de Hollywood (que mais parecem uma campanha publicitária de tão coreografados que são os sustos). Então, assim como o clássico “Eles Vivem”, do Carpenter, “Criaturas Atrás das Paredes” possui uma narrativa bem diferente e até estranha para quem assiste hoje em dia, mas para mim este é um dos filmes mais criativos dele:

 

2. Quadrilha de Sádicos (The Hills Have Eyes, 1977; 2006)
thhe
Dos filmes desta lista, provavelmente o mais conhecido (junto com o Vampiro no Brooklyn), Quadrilha de Sádicos é um clássico, que acompanha a a viagem de uma família tipicamente americana, que acaba ficando com problemas no carro em uma área fechada ao público, e habitada por maníacos violentos pronto para atacá-los. O filme teve uma refilmagem em 2006, também muito boa, produzida pelo Craven e dirigida por Alexandro Aja.

 

1. A maldição de Samantha (Deadly Friend, 1986)
df
Por muito tempo, eu achei que esse filme só existia na minha cabeça (porque ninguém lembrava dele), até que depois de adulto encontrei outras pessoas que também o conheciam. Eu assisti a Maldição de Samantha pela primeira vez no SBT, e foi um filme que me apavorou pra caralho. Na história, um jovem gênio vai morar numa cidade pequena e leva junto seu robozinho, construído por ele mesmo. Lá, ele conhece e se apaixona pela vizinha, que tem um pai violento, e as consequências disso é que a garota acaba morrendo. Para salvá-la, o garoto tenta uma última solução desesperada, que é anexar o “cérebro” do seu robô no cérebro de Samantha para revivê-la. O experimento é um sucesso, mas as consequências, é claro, nem tanto.

 

0,5. Monstro do Pântano (Swamp Thing, 1982)
st
Sim, isso mesmo! Se você não sabia, bem, saiba que Wes Craven já dirigiu um filme do Monstro do Pântano! Pouco antes do personagem ser reformulado por Alan Moore em sua clássica fase com o personagem, a DC tentou levar o personagem para o cinema, tentando se inspirar nas histórias escritas por Len Wein. O resultado…Bem, digamos que o resultado pelo menos é melhor do que o segundo filme do Monstro do Pântano:

Sobre Algures

Oi, meu nome é Algures e eu tenho 36 anos (teria se estivesse vivo). Compartilhe esse post com 20 pessoas e minha alma estará sendo salva por você e pelos outros 20 que receberão. Caso não repasse essa postagem, vou visitar-lhe hoje à noite. Dia 15 de Julho, José resolveu rir desse post, uma noite depois ele sumiu sem deixar vestígios. O mesmo aconteceu com Maria dia 18 de Outubro. Não quebre essa corrente, por favor, a não ser que queira sentir a minha presença (atrás de você).

Além disso, verifique

Podcast MdM #504: Aranhaverso, relacionamentos, pizza, gatos, vinhos e como durar mais de 6 minutos

No podcast de hoje as MdManas Cris Pistola, Ira, Belle e Dea Melo fazem um …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.