Home / DC / Top 10,5 previsões para a Crise nas Infinitas Terras do Arrowverso

Top 10,5 previsões para a Crise nas Infinitas Terras do Arrowverso

Apesar de Arrow ter sido a primeira série do universo compartilhado da DC no canal CW, é seguro dizer que Flash é o verdadeiro responsável pela criação desse multiverso. Antes dele, Arrow era só uma cópia com arco e flecha do Batman do Nolan; foi The Flash que abriu caminho para os meta-humanos e para o multiverso.

Mas, mais importante que isso, Flash já em seu primeiro episódio indicou que adaptaria a maior de todas as megassagas já feitas nos quadrinhos (Desafio infinito meu ovo): Crise nas infinitas Terras. E o CW anunciou que a promessa será cumprida no final desse ano, quando finalmente veremos Crise nas Infinitas Terras nas telas. Para os fãs dos quadrinhos e das séries, a pergunta que fica é: o que esperar dessa adaptação? Confira algumas previsões e qual a probabilidade de ocorrerem de fato no crossover.

10. Multiverso com todas as séries de tv da DC que já existiram

Probabilidade: 81%

A revelação de que a série do Flash dos anos 90 era parte do multiverso da CW (Terra-90) mostrou que esse universo é maior que as 53 terras mencionadas previamente e fez os faz pensarem: será que outras séries, como Smallville e Lois e Clark fazem parte desse Multiverso? Será que todas as séries de TV já produzidas pela DC fazem parte?

O fato da Warner ter os direitos de boa parte das séries já produzidas (várias foram produzidas pela própria Warner ou por canais como a CBS, cuja Warner é dona) torna essa hipótese bastante provável. É claro que dificilmente veremos a Linda Carter retornando ao papel de Mulher Maravilha, mas é bem fácil imaginar cenas dessas séries sendo exibidas em momentos do crossover (por exemplo, quando o Barry estiver viajando pelo multiverso). É possível até imaginar alguma edição criativa que insira um personagem do Arrowverso numa cena de uma série como Smallville ou Birds of Prey. Claro que nada impediria do CW homenagear séries mais antigas escalando atores parecidos para aparecer como o personagem em questão.

O que pode impedir esse tipo de fanservice são os critérios malucos da Warner para permitir personagens específicos de aparecer nas séries (mais sobre isso no item 8) e os diversos acordos com outras empresas no caso de séries antigas (como o Batman dos anos 60 e Human Target dos anos 90, que eram da FOX).

9. Participação de séries atuais fora do Arrowverso e/ou do CW

Probabilidade: 48%

Além das séries antigas, os fãs também piraram com a possibilidade de séries atuais da DC como Gotham, iZombie, Lúcifer, Krypton, Raio Negro ou as séries do DC Universe (Titãs, Patrulha do Destino, Monstro do Pântano) fazerem parte do crossover. É claro que a possibilidade é maior ou menor dependendo da série.

Raio Negro, apesar de ser da DC e ser veiculada ao CW, não é parte do Arrowverso e o showrunner Salim Akil não tem muito interesse nesses crossovers. Para piorar, Raio Negro é filmado em Atlanta, enquanto que todo o Arrowverso é filmado em Vancouver, no Canadá. É possível, no entanto, que um ou dois atores da série possam fazer uma participação em algum nível. A atriz que interpreta Nora Allen já mencionou que os produtores estão mexendo os pauzinhos para tentar fazer esse encontro funcionar.

As séries do serviço de streaming da DC até agora têm priorizado por produções mais adultas, então é difícil vê-las se cruzando com o Arrowverso, que é mais amigável a jovens. Apesar disso, Titãs e Patrulha tem produção de Greg Berlanti, que também produz as séries do Arrowverso. Titãs teria mais facilidade por filmar no Canadá, mas Patrulha do Destino e Monstro do Pântano são filmadas em cidades nos EUA.

Outras séries como Lúcifer, Krypton ou Gotham tem o problema de serem veiculadas por outras emissoras, o que implica a necessidade de acordos específicos. Destes, Lúcifer pode estar em posição melhor por ter ido pro Netflix, que disponibiliza as séries do Arrowverso internacionalmente.

Por incrível que pareça, iZombie teria mais possibilidade de se conectar ao crossover, uma vez que também é filmada em Vancouver, onde todo o Arrowverso é filmado. O fato das séries do Arrowverso serem filmadas na mesma cidade são o principal fator que permite os crossovers anuais, então iZombie pode ter uma vantagem por estar logo ali (apesar de que a série termina nessa temporada, então isso pode não ser mais uma vantagem).

Mas a verdade é que, por mais legal que essa ideia seja, é pouco provável que outras séries que não Arrow, Flash, Supergirl, Legends e a vindoura Batwoman façam parte do crossover. No máximo veremos alguma referência mínima ou easter egg.

8. Mega Multiverso DC live action

Probabilidade: 19%

Os fãs mais ardorosos de DC entenderam o argumento de marketing do Geoff Johns de que as adaptações da DC eram um “multiverso” como uma confirmação do multiverso em live action, e a descoberta de um multiverso no Arrowverso e insinuações a viagens no tempo em filmes como Batman v Superman levantaram a questão de se os filmes da DC serão de alguma forma referenciados.

É possível, mas bem pouco provável. Há diversos motivos para isso, mas o principal pode residir nos critérios da Warner em permitir o uso de seus personagens. Não há uma regra clara ou oficialmente declarada, mas a partir de comentários de membros do elenco das séries do CW como Stephen Amell e Jon Cryer, é meio que no caso a caso. A Warner vetou que Arrow usasse Pistoleiro, Exterminador e Arlequina na série por conta da sua presença nos filmes, embora tenha permitido a série do Flash (mesmo tendo introduzido seu próprio Flash nos filmes). A série da Supergirl só pôde utilizar o Superman a partir da segunda temporada e por poucos episódios. Lex Luthor, que apareceu recentemente, só foi permitido aparecer em 3 episódios da série.

Dadas essas restrições malucas da Warner, não acho muito provável que eles incluam os filmes da DC no Arrowverso. No máximo algum easter egg ou piadinha fazendo vaga referência.

7. Participações especiais

Probabilidade: 93%

Há 2 tipos de participações que podem acontecer no crossover: 1 – atores que interpretaram personagens em outras séries da DC fazendo ponta como outros personagens; e 2 – personagens de séries antigas reaparecendo interpretados pelos mesmos atores.

No primeiro caso, a probabilidade é 100%, até porque acontece o tempo inteiro (John Wesley Shipp, Dean Cain, Helen Slater, Terri Hatcher, Linda Carter e Jon Cryer são só alguns dos muitos exemplos). Então pode ter certeza que outros atores aparecerão.

O segundo caso não é 100%, mas também tem probabilidade alta, principalmente porque já há um precedente: no crossover mais recente, Elseworlds, John Wesley Shipp reprisou seu papel como Barry Allen com direito a reprodução fiel do seu uniforme na série dos anos 90. Tom Welling e Michael Rosenbaum possuem estreita relação com Stephen Amell (Amell fez uma edição limitada de seus vinhos baseada nos atores), então não seria surpresa interpretassem Superman e Lex Luthor mais uma vez, pelo menos numa rápida aparição. Rachel Skarsten, que interpretou a Canário Negro na série Birds of Prey foi escalada para dar vida a vilã Alice na série da Batwoman (que estreia bem a tempo da Crise). Fazê-la retornar como a Dinah Lance de Birds of Prey (e quem sabe até trazer Dina Meyer e Ashley Scott para reprisarem seus papéis de Bárbara Gordon e Helena Wayne) não seria muito difícil.

6. Diversos novos personagens

Probabilidade: 74%

Um dos maiores fanservices do Arrowverso é trazer personagens que talvez nunca veriam a luz do dia no cinema, como Homem Elástico, Nuclear, Eléktron, Comandante Gládio, Sonhadora. Ray, entre outros. Portanto é bem provável que outros personagens que ainda não apareceram no Arrowverso sejam introduzidos no crossovers. “Elseworlds” já introduziu Batwoman, Doutor Destino (o da DC, claro), Pirata Psíquico e Monitor. Seria seguro apostar na introdução de personagens como Pária ou Krona, e versões de outras terras de personagens como Lyla (que é personagem recorrente no Arrowverso), mas mais fiéis às suas contrapartes dos quadrinhos. Inclusive um em particular (ver próximo item). Além disso, com Arrow chegando ao fim e boatos de que Legends pode ser cancelada também, Crise pode ser a oportunidade de introduzir heróis para originar novas séries que tomem o lugar das canceladas.

Entre os personagens possíveis de aparecer, eu chutaria mais membros da Legião dos Super-heróis, uma nova Sociedade da Justiça (quem sabe da Terra-3, do Jay Garrick?), personagens místicos como Senhor Destino e Espectro e quem sabe até membros da Liga da Justiça que nunca apareceram no Arrowverso, como Aquaman, Mulher Maravilha e Shazam (estes últimos, no entanto, eu duvido muito).

O único motivo pelo qual a probabilidade não é maior que 75% é que o Arrowverso já é lotado de personagens e a logística de um crossover desses já é absurdamente insana com o que eles já têm. Nesse caso, os produtores podem decidir por não introduzir novos personagens a fim de evitar superlotação.

5. Diggle, Lanterna Verde da Terra

Probabilidade: 89%

Uma das teorias de fãs mais faladas sobre Arrow seria que o sobrenome do meio do Diggle seria “Stewart”, fazendo que ele seja “John Stewart Diggle”, ou seja, um Lanterna Verde. A teoria foi relativamente confirmada nessa temporada de Arrow, quando conhecemos o padrasto de Diggle, interpretado por Ernie Hudson, cujo sobrenome é Stewart.

É provável que o Diggle da Terra 1 nunca se torne um lanterna verde, mas isso não significa que um Diggle Lanterna Verde não possa aparecer em Crise. Em Elseworlds, O Flash dos anos 90 reconhece Diggle, comentando que ele estava sem o seu anel. Isso abre um bom caminho para uma provável aparição de um John Stewart Diggle Lanterna Verde de outra Terra.

4. Mortes importantes

Probabilidade: 99%

O presidente do CW disse em entrevista que a Crise é conhecida pelas mortes importantes e insinua que a versão televisiva da saga deve seguir pelo mesmo caminho. Em Elseworlds, Arqueiro Verde fez um pacto com o Monitor para impedir a morte de Barry e Kara. Some isso ao fato de que a próxima temporada de Arrow será a última e só terá 10 episódios (ou seja, acaba bem a tempo do crossover), e é seguro presumir que Oliver vai bater as botas.

Na Crise nas Infinitas Terra original, Supergirl e Flash morrem para salvar seus universos. Como essa questão já foi abordada em Elseworlds (e suas séries ainda são as que mais dão audiência do Arrowverso), é improvável que eles morram no crossover. Mas é possível que no lugar deles morram personagens que no Arrowverso são coadjuvantes, mas que ainda assim são importantes, como Kid Flash, Superman, Cisco, Diggle, o Flash dos anos 90 e talvez até o Batman – que nunca apareceu de fato no Arrowverso, mas é sabido que existe (mais no próximo item).

Acho que é seguro dizer que morrerá gente importante. Só não coloco a probabilidade como “100%” porque depende da definição de “importante” para cada um.

3. Primeira aparição do Batman no Arrowverso

Probabilidade: 36%

Eu nunca senti falta do Batman no Arrowverso, mas como os produtores vivem de fan service, finalmente a Warner permitiu a eles introduzirem o personagem, ainda que desaparecido. Essa será a premissa da série Batwoman, onde Kate Kane, na série prima de Bruce Wayne, vai preencher a lacuna deixada pelo primo.

Em Elseworlds, descobrimos que Gotham ficou tão ruim, mas tão ruim que o Batman foi embora e não se sabe pra onde nem por quê. Crise seria uma boa oportunidade de amarrar essa ponta solta, explicando porque ele sumiu e ligando seu desaparecimento ao crossover. Também seria a oportunidade de ter um personagem grande dos quadrinhos para morrer na história, ao mesmo tempo que abriria caminho para a Batwoman se manter como protagonista sem que a sombra do Batman acabasse a sufocando (como a presença não física do Superman quase fez com a primeira temporada de Supergirl).

Mas, apesar de ser uma ideia interessante, acho pouco provável que isso aconteça, por motivos já citados: os critérios malucos e aleatórios da Warner. É possível que os produtores simplesmente não tenham autorização para usar o personagem, apenas mencioná-lo (ago parecido parece ter sido o caso na primeira temporada de Titãs).

2. Fusão de múltiplas terras em uma só

Probabilidade: 68%

Um dos motivos “práticos” da existência de Crise nas Infinitas Terras nos quadrinhos foi unificar o multiverso DC em uma única linha do tempo (relativamente) coesa, onde todos os personagens estão no mesmo universo e não existem inúmeras versões do mesmo personagem.

Embora versões diferentes não sejam um problema (ainda) no Arrowverso, não vai demorar muito para ser. Já vimos versões do Jimmy Olsen e de Alex Danvers da Terra 1 e a Laurel que vive atualmente em Star City é a versão anteriormente maligna da personagem que foi morta temporadas atrás. Crise pode ser a oportunidade de fundir a Terra 1 (lar das séries Arrow, The Flash e Legends) com a Terra 38 (lar da série Supergirl) e, quem sabe, até com Raio Negro (que não é oficialmente uma terra do Arrowverso, mas é um mundo onde outros heróis existem).

O maior problema com essa iniciativa é que ela reescreveria toda a história do Arrowverso, criando uma linha do tempo talvez ainda mais confusa que as linhas do tempo em Flash, o que pode alienar a audiência.

1. Formação da Liga da Justiça do Arrowverso

Probabilidade: 82%

Embora eu ache pouco provável que personagens como Aquaman e Mulher Maravilha apareçam no crossover, eu duvido muito que os produtores perderão a oportunidade de fazer sua própria versão da Liga da Justiça reunindo personagens como Flash, Arrow, Supergirl, Batwoman, entre outros em uma superequipe oficial. Há também uma boa possibilidade de eles se autointitularem realmente Liga da Justiça (nome sugerido pelo Cisco, talvez?). Tal oficialização pode dar uma nova dinâmica para essas séries após Crise, onde os próximos crossovers seriam “missões” da equipe enquanto as séries seriam suas “hqs solo”.

Claro que, mais uma vez, esbarramos nos critérios aleatórios da Warner para permitir/proibir personagens. Talvez eles não tenham permissão para usar o nome “Liga da Justiça”.

0,5. Um monte de versões diferentes de personagens conhecidos.

Probabilidade: 100%

A clássica posição “meia boca” vai para algo que certamente vai acontecer. Qual a graça de fazer um crossover sobre a destruição de múltiplos universos se não for para vermos versões diferentes de personagens já conhecidos? Os produtores não vão perder a oportunidade de fazer esse tipo de fanservice. Já temos o Barry oficial da série e o dos anos 90, além do Jay Garrick, então é possível vermos personagens como Diggle Lanterna Verde, Cisco com uniforme clássico do Vibro dos anos 80 (numa versão que dança break), Lyla como Precursora, Melissa Benoist como Poderosa, Ernie Hudson como Alan Scott, Felicity como “ArrowWoman”, além de versões de personagens de outras séries que não fazem parte do Arrowverso (como Robin, Patrulha do Destino, Monstro do Pântano, Lúcifer) e heróis que já morreram, como Nuclear Ronnie Raymond e Rip Hunter. Isso sem contar versões do passado de personagens que já morreram, ou versões do futuro, como o Arqueiro Verde Connor Hawke, a Blackstar ou a XS Nora Allen.

Crise Nas infinitas Terras tem tudo para ser o Vingadores: Ultimato do Arrowverso. É claro que também tem o potencial de ser a Liga da Justiça do Arrowverso. Mas por enquanto, estou otimista. Tudo o que eu preciso é de um punhado de mortes importantes, umas versões alternativas muito loucas e alguns easter eggs e referências a séries antigas. Sou um homem com poucos critérios para o Arrowverso.

Sobre Algures

Oi, meu nome é Algures e eu tenho 36 anos (teria se estivesse vivo). Compartilhe esse post com 20 pessoas e minha alma estará sendo salva por você e pelos outros 20 que receberão. Caso não repasse essa postagem, vou visitar-lhe hoje à noite. Dia 15 de Julho, José resolveu rir desse post, uma noite depois ele sumiu sem deixar vestígios. O mesmo aconteceu com Maria dia 18 de Outubro. Não quebre essa corrente, por favor, a não ser que queira sentir a minha presença (atrás de você).

Além disso, verifique

Podcast MdM #514: Cê quer um charuto, meu filho? É um podcast de QUATRO HORAS sobre o trailer do JÓQUER!

No podcast de hoje um monte de MdM fala QUATRO horas sobre um trailer de …