Home / Games / Elektra

Elektra


Ok, vocês venceram. Tenho que dar o braço a torcer e admitir: o filme é ruim mesmo. Nem toda a beleza e carisma de Jennifer Garner são capazes de sustentar um filme com roteiro fraco numa adaptação que na verdade tem pouquíssimo em comum com o original. Longe de querer dar uma de crítico chato. Estou apenas falando como marvelmaníaco e fã dos quadrinhos clássicos da Elektra escritos pelo mestre Frank Miller. Apenas isso.

Talvez quem nunca tenha lido uma história da Elektra possa até achar o filme legal. Mas se você conhece apenas um pouquinho que seja da verdadeira ninja assassina dos quadrinhos, vai ficar muito chateado ao vê-la totalmente mudada na telona do cinema.

Elektra amiguinha de uma menina de 13 anos??? A Elektra cruel, fria e calculista dos quadrinhos jamais ficaria amiguinha de quem quer que seja.
Elektra lutando pra salvar a vida de um pai e uma filha porque se afeiçoou a eles?? A Elektra de verdade nunca sequer teria afeição por quem quer que seja. Ela estaria pouco se lixando se o Tentáculo quer matar menininhas indefesas ou não.
Elektra com “poderes” premonitórios??? Hã???? Tudo bem, vá lá, até dá pra tentar engulir essa já que ela é uma ninja e poderia ter desenvolvido essa técnica. Mas, novamente, essa não é a Elektra.
Assim como a Mary Typhoid não é a Mary Typhoid dos quadrinhos (no filme ela é uma personagem totalmente diferente), o Kirigi não é o Kirigi, etc, etc, etc… Acho que o único personagem que lembra um pouco o original das HQs é o cego Mestre Stick, interpretado pelo ator Terence Stamp, lembra dele? Ele fez o General Zod no segundo filme do Superman.

Enfim, de resto o filme é apenas um típico clichê hollywodiano com heroínas, mocinhas indefesas, vilões caricatos e mensagens de amor e bondade. Definitivamente, isso não tem a ver com a Elektra.
O que acontece é que um filme com a verdadeira Elektra não poderia ter censura livre, não faria sucesso com a garotada e não poderia entrar no “padrão” de filmes de heróis. Então lá vai um aviso: assista ao filme sem se preocupar em encontrar uma verdadeira adaptação dos quadrinhos. O lance é não levar a sério. O filme da Elektra pode ser uma diversão mediana se for levado em conta que é apenas um cinema-pipoca pra se assistir num domingo à tarde. Relaxem e curtam, pelo menos, a Jennifer Garner, lindíssima.
Nota: 5,0

Sobre Nerd Reverso

O que esse cara ainda tá fazendo aí? VAI EMBORA DO AMÉRICA!!!

Além disso, verifique

Top 7,5 videojoguetes de 2021

SIM! Estamos aqui pra dar tchau pra 2021 com os joguinhos que joguei e gostei …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.