Home / Poderoso Porco (page 5)

Poderoso Porco

O mar não tem cabelos. Eu também não.

novembro, 2016

  • 28 novembro

    Quando a aventura chegou de vez no quadrinho independente brasileiro!

    O quadrinho independente brasileiro faz uma trajetória bem clara de se acompanhar: começa com quadrinhos confessionais, personalistas, passa solidamente pelo humor e chega até as biografias. Nesses gêneros todos, assinala-se muito bem o pé no real: talvez em oposição ao quadrinho norte-americano mais típico (o gibi de super-herói), nossos autores …

  • 4 novembro

    A gente vimos: Dr. Estranho, por Poderoso Porco

    Um tio de bigodão vestindo uma roupa de cafetão a la clipe do Snoop Dogg capaz de fazer uns melibekã-katabanda místico para enfrentar o mal. Fala sério: uma ideia dessas tem como dar errado? Tem. Pra caralho. Ôxe, como tem! Então, antes de mais nada é preciso dar parabéns à …

outubro, 2016

  • 31 outubro

    Eu quero é botar meu saudosismo na rua: a volta do Mega-Drive

    De uns dias pra cá a Tectoy, licenciada brasileira de videogames e que sentira o gostinho gostoso do sucesso na década de 1990, vem fazendo um burburinho com um anúncio (até então) secreto. E o segredo é que a detentora dos direitos da SEGA no Br vai (re)lançar o saudoso …

  • 24 outubro

    MdM Tv: Luke Cage do Netflix, a série que… não deu.

    De cara: se você não sabe, eu não sou um cara de séries. Não sou vidrado, não faço maratona, e a maior parte do ano passo sem assistir um único episódiozinho de seriado que seja. Então, me dedicar a uma série é algo bem raro, mesmo quando estou gostando – algo …

  • 18 outubro

    Vem aí Tungstênio no cinema

    A premiada obra Tungstênio, de Marcelo Quintanilha, vai virar filme pelas mãos de Heitor Dhália, do fodaço O Cheiro do Ralo – é o que afirma Ubiratan Brasil, em matéria lançada n’O Estadão ontem. Pronto. Esse é o post, pode ir namorar nos comentários. Agora me deixa bater a meta …

  • 10 outubro

    A estranha Mulher-Maravilha de Gail Simone

    Veja bem: tem certas coisas na vida que a memória não condiz com a realidade. Por exemplo, eu tinha uma memória muito boa do Deadpool do Joe Kelly, mas relendo esse ano não achei tãããão legal assim (talvez um de nós dois tenha envelhecido mal). A mesma coisa com o …

setembro, 2016

  • 28 setembro

    A gente vimos: O lar das crianças peculiares

    Quando seu querido avô falece deixando pistas sobre um lugar mágico, Jacob viaja para uma ilha galesa e encontra um orfanato abandonado. Lá, o mistério e o perigo se aprofundam quando ele começa a conhecer o local e os seus moradores: crianças com poderes especiais conhecidas como peculiares e a …

  • 23 setembro

    Desculpe o transtorno, mas vamos falar de assédio?

    A gente precisa falar disso porque vira e mexe rola alguma coisa. Em 2013, teve um manelão durante o FIQ que achou engraçado tirar fotos das virilhas das garotas e postar por aí dando nota. Este ano, desenhistas, roteiristas e tudo mais decidiram botar a boca no trombone (outra vez) …

  • 19 setembro

    Quando um confronto de super-heróis fez sentido (A gente lemos)

    O ano era 1978. À frente do título Superman, o roteirista Gerry Conway foi encarregado de escrever a primeira edição da nova revista All New Collector’s Edition, versão remasterizada da Limited Collector’s Edition, uma série especial de revistas em tamanho tablóide (25x38cm mais ou menos). Ao lado de seu parceiro de …

  • 19 setembro

    O repeteco do velho problema: o mimimi da tradução

    Este fim de semana a editora Companhia das Letras, através de seu selo Quadrinhos na Cia., divulgou nome e volume da versão nacional de Seconds, graphic novel de Bryan Lee O’Malley (de Scott Pilgrim Contra o Mundo). Bastante elogiada lá fora, a graphic era bastante aguardada no Brasil. A tradução …