Home / Cinema / Veja o tízer do novo filme d’A Múmia!

Veja o tízer do novo filme d’A Múmia!

Já faz algum tempo que a Universal tenta entrar na modinha do universo expandido e com os grandes filões já tomados pela Disney/Marvel Studios, pela Fox e pela Warner, os caras optaram por revitalizar uma de suas propriedades intelectuais mais antigas (e injustamente esquecida) – os filmes de monstro.

E o primeiro fruto dessa revirada de lixoA Múmia – que terá no elenco nomes de peso como Russell Crowe e Tom Cruise teve um teaser revelado esses dias, que você confere logo abaixo.

Cacete, que diferente hein?

Confesso que logo quando vi o anúncio do filme, e sabendo que teria o Cruise no elenco, já torci o nariz pensando que veria uma mistura dos filmes do Brendan Fraser com Missão Impossível, mas vendo o trailer parece que vem algo mais puxado pro suspense sobrenatural, o que já é uma vantagem. Outra novidade é a ambientação contemporânea – já chega de filme-de-múmia vitoriano né.

Porque múmia que luta Kung Fu pode, claro
Porque múmia que luta Kung Fu pode, claro

Claro que também por ser um filme do Ethan Hunt tem todos aqueles clichês que a gente já se acostumou: explosões, cenas-de-dublê pro senhor Cruise tentar se matar e, claro, cenas de corrida. Mas, frente ao resultado final, talvez nem incomode tanto. Basta ver que as pessoas não cansam das franquias do cara, seja MI ou ainda Jack Reacher, que emplacou uma continuação esse ano.

Por fim, não sei muito o que achar dessa Múmia aí, não (a de fato, não o Tom Cruise). Se por um lado acho bacana e inovador que ela seja do sexo feminino dessa vez (consertando minha confusão eterna de chamar “múmios” com artigo feminino), por outro esse clichê da “mulher maligna” sinistra é meio cansativo.

Enfim, é esperar pra ver. E você, leitor, que monstro famoso quer ver no cinema (além da senhora sua mãe?)

Sobre Tango Commando

Carlos Gardel com colônia de Napalm

Além disso, verifique

A gente vimos: It – A coisa (2017) SEM SPOILERS

Adaptações de obras do Stephen King existem a rodo. A maioria, é claro, é ruim …