Home / Top MdM / Top 10,5 episódios que mostram que South Park é comunistinha

Top 10,5 episódios que mostram que South Park é comunistinha

Oi gente, a quanto tempo hein? Lembram de mim? Pra comemorar minha volta, toma aí um post cheio de pagedowns.

Como especialista residente do Mdm em South Park (e pagode dos anos 90), obviamente estou acompanhando fielmente os episódios da nova temporada (que estão disponíveis todas as quintas em www.southpark.cc.com). Quem também está acompanhando deve ter reparado que um dos temas recorrentes dos episódios desta temporada é sacanear com o pessoal excessivamente progressista e politicamente correto (PC), com o subtexto de uma cidade que se preocupa constantemente em ser e parecer PC mas não com os problemas reais a sua volta, ficando mais preocupados em policiar se o que as pessoas falam não ferem os sentimentos de ninguém.

Essa crítica, aliás, pode ressoar inclusive na internet brasileira, onde as tretas imperam a cada semana, e qualquer coisa preconceituosa, machista e/ou nazista pode acabar gerando intermináveis textões e tretas de twitter até que o próximo fato revoltante apareça.

Isso significa então que South Park é um programa reaça e que é uma ótima escolha para fãs de Bolsonaros, Roger e Olavetes em geral?

Não, seu burro. Isso seria uma leitura extremamente superficial dos acontecimentos da série (tipo o Zéquisnáider lendo Watchmen). E, pra convencer vocês disso, vou mostrar 10 temas socialmente relevantes abordados por episódios e mostram como, apesar da zoação, South Park no geral é um seriado bem progressista, esquerdista, comunistinha e maconheiro.

Além disso, se você não costuma assistir o seriado, é uma boa lista de episódios para voltar a ver aos poucos. Focarei nas temporadas mais recentes (da 13 em diante), porque fiquei com preguiça de procurar em todas e vou evitar episódios desta temporada, pois eles são muito explicitamente focados nesses assuntos. O nome do episódio é um link para você poder assistir aos episódios legalmente de grátis com legendas em inglês (ao invés de trabalhar).

10 -Exploração de atletas universitários

s15e5  – Crack Baby Athletic Association

Faz algum tempo nos EUA houve uma controvérsia com relação aos jogadores de Basquete e Futebol Americano universitários, que são contratualmente proibidos de ganhar qualquer quantidade de dinheiro pelo trabalho que fazem nos times, participações em jogos de videogame e afins.

Vendo a situação, o Cartman resolve criar a Associação Atlética para Bebês do Crack heuheuehuehueheu, que organiza campeonatos de basquete entre os bebês filhos de viciadas correndo atrás de uma bola com Crack dentro (sem, obviamente, dar nenhum tostão para os bebês).

Crack-Baby-Athletic-Association

Ponto de destaque vai para o Kyle o tempo todo tentando justificar para o Stan e para si mesmo que o Basquete é bom para os bebês, mesmo eles não ganhando porra nenhuma.

9 – Caça indiscriminada de Baleias e Golfinhos por Japoneses (abraço Algures!)

s13e11 – Whale Whores

Esse episódio trata da obsessão japonesa por matar baleias e golfinhos, sendo que aqui é muito mais uma vingança do que por comida. Mostra também que aquele programa Whale Wars está procurando apenas ganhar dinheiro e não faz nada de concreto para mudar a situação.

Bônus para o genial final do episódio, que mostra como os ocidentais são hipócritas por reclamar desta parte da cultura japonesa, dando um claro exemplo de relativismo cultural. Outra menção importante é que esse é o episódio do Cartman cantando Poker Face, heuheuehuehue.

8 – Uber tirando os empregos dos taxistas (beijo Saldanha)

s18e04 – The Handycar

Episódio focado no futuro do transporte urbano, com o conflito entre a empresa do Timmy de transporte, a Handicar, as SUVs, taxistas, carros elétricos e outros. Mostra bem que o problema deste tipo de aplicativos, que por menos regulamentos acabam tendo algumas vantagens com relação aos serviços tradicionais.

Um destaque é o final do episódio, que é uma homenagem à corrida maluca!

south-park-s18e04c10-the-wacky-races-begin_16x9

7 – Imagem das mulheres na mídia e excesso de photoshop

S17E10 – The Hobbit

Uma menina gordinha gosta do Butters, mas ele só tem olhos para a Kim Kardashian. Revoltada com isso, Wendy mostra para ele que o Photoshop é o responsável pela beleza da Kim Kardashian e os padrões de beleza irreais da atualidade, e que na vida real a Kim é um Hobbit.

hqdefault (3)

Destaque para o Aquaman, digo Kanye West, que no mundo de South Park já foi um peixe gay, tentando justificar que a Kim Kandarshian não é um Hobbit.

6 – Governo invadindo sua privacidade

S17E01 – Let go, Let Gov

Episódio que aborda o caso da NSA invadindo a privacidade do mundo inteiro, e ao mesmo tempo mostrando que boa parte das pessoas deixam tantos detalhes pessoais disponíveis publicamente na internet que nem seria muito trabalho saber de tudo que algumas pessoas fazem.

Destaque para o Butters entendendo tudo errado e criando uma religião que adora o governo.

tumblr_n8crrcqkRt1rlo1q2o1_1280

5 – Manipulação da mídia (#globomente)

S13E13 – Dance With Smurfs

Após um acontecimento infeliz, a vaga de quem lê os avisos da manhã fica disponível, e o Cartman aproveita para usar seu poder de toda escola ser obrigada a ouvi-lo toda manhã para atacar a presidente do DCE, Wendy.

Este episódio mostra bem como uma imprensa com uma agenda específica pode ser mentirosa e manipuladora para chegar aos seus objetivos.

Destaque para a piadinha com Avatar no fim do episódio. Lembrando que o episódio foi feito antes do filme sair, então toda a paródia com a trama do filme foi feita sem ter assistido ao mesmo!

south_park_dances_with_smurfs_screenshot

4 – Uso genérico de xingamentos ofensivos à minorias (como chamar alguém de viado)

s13e12 – The F Word

Motoristas de Harley barulhentos ficam muito putos quando a cidade começa a lutar contra eles chamando eles de “viados” (fags). Inicialmente, as crianças são acusadas de homofobia, mas logo elas mostram que para elas a palavra viado perdeu seu significado original, sendo agora “pessoa chata que faz barulho para que todos olhem para eles”.

tumblr_mz5du6A39W1rlo1q2o1_1280

3 – Dois pesos e duas medidas no tratamento de mulheres

s13e04 – Eat Pray Queef

A nova sensação da TV canadense são as irmãs punzentas (Queef Sisters), que usam gases vaginais ao invés de peidos. Com o empoderamento das mulheres através dos gases vaginais, os homens reagem para tentar proibí-los, argumentando que “peidos são legais e engraçados, e gases vaginais são nojentos”.

Esse episódio é uma alegoria muito forte sobre o tratamento diferenciado que mulheres ainda sofrem na sociedade moderna, e o momento de percepção dos homens da cidade do que eles estão fazendo é bem legal.

E ainda tem séquiço.
E ainda tem séquiço.

2 – Violência contra minorias

s17e03 – World War Zimmerman

Na época do julgamento do George Zimmerman (o segurança que perseguiu e matou um garoto negro nos EUA) onde ele foi considerado inocente, o Cartman fica com medo que o Token (a única criança negra, por isso o nome Token Black) e outros negros se revoltem e matem todos os brancos, tendo pesadelos baseados em World War Z, onde ele é o Brad Pitt e os zumbis são os negros.

world-war-zimmerman

Num tema similar, veja também o episódio da 8 temporada The Jeffersons, que é o infame episódio sobre o Michael Jackson, que tem como motor da história a vontade excessiva dos policiais de prender todo negro rico que eles vêem.

Isso é ignorância.
Isso é ignorância.

1 – Preconceito contra transgêneros

S18E03 – The Cissy

O foco deste episódio é a situação dos transgêneros (mas com uma abordagem mais South Park, obviamente). O Cartman fica de saco cheio de não ter privadas disponíveis no banheiro masculino para ele ler seus gibis enquanto caga, então ele resolve ir cagar no banheiro feminino. Obviamente isso dá merda, e então ele resolve se declarar transgênero, ou melhor, “transginger” e ter direito a um banheiro só para ele.

Wendy fica puta com isso, e resolve dizer que ela também é transgênero para impedir que o Cartman se aproveite da situação de uma minoria. Isso faz com que o Stan tenha um momento de confusão, já que se a namorada dele se declarou um homem.

south-park-s18e03c09-erica-meets-wendyl_16x9

Apesar de abordar a questão dos transgênero através do Cartman querendo se aproveitar, isso acaba levando a diversas discussões mais profundas sobre a situação dos transgêneros e as pessoas a sua volta.

Além disso, neste episódio descobrimos que a Lorde na verdade é o Randy usando autotune!

0,5 Trilogia da Black Friday

S17e07 – Black Friday
S17e08 – The Song of Ass and Fire
S17e09 – Titties and Dragons

Pra posição 0,5, essa trilogia de episódios não tem nada a ver com justiça social ou progressismo, mas é apenas engraçada mesmo. Neste três episódios, a guerra de consoles entre PS4 e XBOX One e a Black Friday são usadas para fazer uma paródia de Game of Thrones. Estes episódios, inclusive, são a base para o jogo de South Park lançado recentemente.

E claro, estes episódios foram onde apareceu a melhor versão do tema de Game of Thrones:

Além da princesa Kenny!

Sobre Maximus

Um carinha do barulho que vai arrumar altas confusões nesse site que é um estouro.

Além disso, verifique

Top 10,5 previsões para a Crise nas Infinitas Terras do Arrowverso

Apesar de Arrow ter sido a primeira série do universo compartilhado da DC no canal …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.