Home / Games / Resumão do Oscar dos Games e a consagração do Overshow

Resumão do Oscar dos Games e a consagração do Overshow

Bom dia, seus caviar de piranha. Ontem os fudidos como eu ficaram acordados até 2h30 da madrugada para assistir um show que envolveu:

  • Premiações feitas em cinco segundos num prompt na tela.
  • Um pré-show melhor que o show em si.
  • Declarações de amor pro Kojima que quase resultaram num pedido de casamento.
  • E um homem-gilete gigante.

2016-12-02

Ou uma alucinação causada pelo sono, eu não sei, mas ele apareceu muitas vezes.

De qualquer forma, como todos sabem, o Game Awards não é exatamente sobre a premiação, até porque todos sabemos que videogames são uma mídia que gera bastantes discussões e não existe uma maneira de definir o “vencedor”, considerando que existem jogos feitos para pessoas diferentes e que devemos respeitar opiniões alheias e tipos de jogos que simplesmente não são feitos para todos.

MAS FODA-SE, OVERWATCH GANHOU, SEU BANDO DE BABACA!

junkrat_vs_roadhog___overwatch_by_plank_69-d9apgk4

Caham.

Bem, como estava dizendo, o que realmente importa no Game Awards são os trailers, então vamos para a sequência. Primeiro, tivemos um minuto de Zelda que já envolveu 2045 pessoas tentando pegar as referências e encaixar esse jogo na linha do tempo:

Também tivemos um gameplay que mostra que o Wii U vai parir quatro cavalos tentando rodar esse jogo:

Também tivemos muitas drogas e muita, muita bizarrice no teaser de Death Stranding, o novo jogo do Kojima que ainda não sabemos nada mas parece muito… muito alguma coisa. Não sei. Não sei mais de nada. Só sei que tem o Mads Mikkelsen.

Também tivemos a confirmação que o projeto da Telltale com a Marvel é sobre os Guardiões da Galáxia (cujo trailer dizem que sai logo depois do evento do Switch em janeiro):

E, falando em Telltale, tivemos o anúncio da nova temporada de Walking Dead.

Que está muito horrorosa. Puta que pariu, Telltale, troca essa engine de 6 anos.

Ah, mas o MELHOR JOGO DE 2014 teve seu prequel revelado. Shovel Knight: Specter of Torment sairá ano que vem:

E, para encerrar, tivemos o gameplay de Mass Effect: Andromeda, que me fez temer por duas coisas. Primeiro, a animação do personagem principal está uma merda. Segundo, que essa mistura de mundo e gameplay de Destiny com Dragon Age não foda tudo.

De resto, foi legal. É uma mini-e3 que ganhamos no fim do ano, não sei porque as pessoas reclamam tanto.

 

Sobre Lojinha

Apenas um evangelizador de One Punch-Man, Gintama, Undertale, Community e Cave Story.

Além disso, verifique

Bate-Papo MdM: Tem culpa eu no mercado de HQs nacionais + indicados do Game Awards!

Hoje o Bate-Papo tem DUAS HORAS E MEIA e foi gravado em rodada dupla! Na …

[fbcomments url="" width="675" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]