Home / Cinema / Por que Sacha Baron Cohen desistiu de ser Freddie?

Por que Sacha Baron Cohen desistiu de ser Freddie?

Amante da vida. Cantor de canções
Feliz 2016, galera! Aqui é o Bugman (podem pular o post agora) escrevendo meu post anual após um 2015 que não deixou saudades e do meu último texto para este site cheio de spoilers. Inclusive, tem um spoilerzão sobre a cinebiografia do maior cantor que o Rock já conheceu: Freddie Mercury, obóvio.

Vocês todos ainda se dividiam entre as crianças que dançavam com os Teletubbies e os que se iludiam na faculdade achando que o sucesso dependia apenas de estudo e de trabalho e já rolavam boatos sobre um filme que abordasse a carreira do vocalista do Queen, a maior banda de rock de todos os tempos (quem discorda é clubista). No início, o ator que faria o papel do frontman da banda foi cotado para muita gente, mas por muito tempo o nome cotado era Sacha Baron Cohen.

Sacha Baron Cohen
Sim, crianças! Em 2006, Borat fez um sucesso absurdo e o cara estava em todas. Embora fosse uma comédia isso não impediu duas coisas de acontecerem:

a) Sacha ser levado muito a sério para o papel, inclusive por este fã que vos escreve.
b) O Change girou a chave errada, deletando a resenha que fiz do filme. Parabéns, campeão!

O problema é que Sacha Baron Cohen resolveu sair da bagaça. Já faz três anos desde a primeira vez que ele se colocou para fora do filme, mas até então ninguém sabia o motivo. E o cara revelou com direito a spoiler e tudo para estragar a história, como um bom post do MdM que não mandam retirar do ar:

Um membro da banda – não direi quem – disse que seria um grande filme, porque algo incrível acontece no meio. Perguntei o que aconteceria e a pessoa disse que Freddie morria. Comentei, então, que seria algo parecido com ‘Pulp Fiction’, no qual o fim seria no meio e o meio, no fim. A pessoa disse que ‘não’, pois seria como a banda segue cada vez mais forte. Respondi que ninguém gostaria de ver um filme no qual o líder da banda morre em decorrência da AIDS e o que acontece com o grupo depois.

Rapaz… Sacha cagou no pau e já falou mal da produção no melhor estilo #mimimi e #chatiadu do twitter. Claro que Roger Taylor e Brian May, os dois membros que mais se ocupam de manter a banda na ativa (o baixista John Deacon parece ter se aposentado de vez), vão se preocupar em proteger o legado do Queen. Embora entenda a frustração de Cohen, vale lembrar que desde o auge os quatro membros sempre combinaram de manterem o grupo na ativa caso alguém morresse.

Por outro lado, um filme com esse roteiro parece ser o tipo de coisa que só fã iria curtir sim. Não que esteja reclamando. Aí, assumam logo que é fanfilme e coloquem o Marc Martel no papel principal:

Impressionante como esse cara canta igual ao Freddie!

Bugman já foi a um show do Queen

Sobre Bugman

Grant Morrison nos salvará.

Além disso, verifique

Bate-papo MdM: Desejo de Matar, Millarworld, foto do Cable e mais notícias irrelevantes

No bate-papo de hoje Hell, Change, Nerd Reverso e Ultra comentam as notícias aí que …