Home / Cinema / Pode vir aí um novo DUNA??

Pode vir aí um novo DUNA??

THE MORNING SUN OF DUNE! PAM! PAMPAMPAMPAM! PAMPAMPAMPAM!

1984_dune

Pouca gente conhece o diretor Denis Villeneuve (de SicarioIncêndios, dentre outros filmes-cabeça desses que você não viu), mas muita gente já conhece a bomba que largaram no colo do cara – dirigir a aguardada (?) continuação (??) dum dos maiores filmes de ficção científica de todos, TODOS – Blade Runner.

E parece que o cara, além de ter sobrenome de piloto de F1, já está bem saidinho e sentando na janela do sci-fi, porque esses dias numa entrevista a Varietycomentou que também gostaria de tomar as rédeas fazer melhor então outra franquia seminal do gênero – Duna, de David Lynch. 

“Eu andava querendo fazer um sci-fi por um bom tempo. 2001: uma AUDISSÉIA no Espaço é um filme que me impressionou muito na adolescência. E também Blade Runner. E também Contatos Imediatos de Terceiro Grau é um dos meus favoritos. Eu sempre estou atrás de material do gênero e é difícil de achar materiais originais e fortes que não sejam só massaveios. Um sonho de longa data meu é de adaptar Duna, mas é um processo muito complicado conseguir os direitos e eu não acho que conseguiria (…)

Não conshégue né, Moisés?
Não conshégue né, Moisés?

Pra quem é mais novo e talvez não lembre ou não tenha visto, lá no já distante ano de 84, o diretor David Lynch (de Twin PeaksVeludo Azul e mais um monte de filmes-cabeça-pra-te-deixar-depressivo e uns álbuns de música aí) TENTOU adaptar o romance homônimo de Frank Herbert num projeto megalomaníaco.

O troço contava além da direção de Lynch com desenhos de produção feitos pelo saudoso Jean Giraud/Moebius e trilha sonora do Toto, que você não faz ideia do que seja, mas seus pais adoravam.

E, claro, também contava com o STING DE SUNGA DE COURO.

sting

O filme foi uma bomba gigantesca. O que era pra ser “o próximo Star Wars” virou “o próximo encalhe na vendinha de DVDs”. O troço foi tão megalomaníaco que a versão do diretor continha trechos do filme que nem filmados foram, por falta de dinheiro, e apareciam como DESENHOS no corte final.

E você reclamando da versão ultimate de BvS.

Enfim, seria foda ver uma adaptação de Duna no cinema. O livro é uma das principais referências quando se fala de obras que mesclam ficção científica fantasia, mas terrivelmente inadaptável. Até tiveram outras tentativas com o passar dos anos, seja em séries de TV ou mesmo num projeto com o Alejandro Jodorowski que não foi pra frente. Vai que agora, com essa escassez de boas ideias no cinema, algo sai do papel?

O jeito é esperar para ver.

Sobre Tango Commando

Carlos Gardel com colônia de Napalm

Além disso, verifique

A gente vimos: It – A coisa (2017) SEM SPOILERS

Adaptações de obras do Stephen King existem a rodo. A maioria, é claro, é ruim …