Home / Quadrinhos / Panini estaria próxima de fazer um papelão?

Panini estaria próxima de fazer um papelão?

Eu juro que essa foi a melhor piada para título de post que eu consegui pensar.

Enfim, eu não sei se vocês, vagabundos, pegaram alguma revista mensal da Panini nos últimos anos, mas o papel deles é uma bosta. Tem uma textura ruim, é escuro, rasga fácil e, quando aliado a uma impressão horrível, torna algumas histórias (como Necrosha, que saiu na X-Men Extra alguns anos atrás) impossíveis de ler.

Só que tem novidades vindo nessa área. A Panini irá testar o miolo lwc (o papel brilhoso que você vê, por exemplo, na Ultimate Marvel: Cataclismo) para as revistas Espetacular Homem-Aranha #1 e Deadpool #1 (quantas republicações essa merda já teve?). Para isso, ela fará o seguinte esquema de preços:

  • Espetacular Homem-Aranha #1 virá em dois formatos: o de papel-jornal que já temos (miolo pisa brite, como dizem os somelliers) por R$ 7,20 e de papel brilhoso (miolo lwc) por R$ 8,20.
  • Deadpool #1 só virá com o papel brilhoso e será vendida por R$ 7,20.

ASM1

Bom, vamos por partes. É interessante ver a Panini testar uma opção que é pedida por alguns leitores faz tempo sem forçar um novo esquema de preços (de novo) para todo seu público. E acredito que, pra quem só compra uma ou duas mensais regularmente, será uma boa pedida. Inclusive, acho até que a escolha das revistas para essa nova empreitada foi bem-pensada, já que pelas pessoas que eu conheço, quem compra uma revista mensal do Deadpool gosta de torrar dinheiro e deveria ao invés disso depositar na minha conta não costuma comprar outras mensais.

Só que não acho que isso vá se tornar um padrão para a linha editorial, e o motivo é simples: ninguém aguenta mais pagar mais caro pelas revistas.

Eu coleciono revistas da Panini faz um tempo, e a flutuação de preços dos mensais só tem subido enquanto a comunidade do MdM só afunda. Acho que o único reajuste para baixo que eu vi foi quando as revistas passaram a conter apenas três histórias americanas, ao invés das costumeiras quatro, só os preços já subiram o suficiente para invalidar qualquer ganho com isso desde então. E não é só nas HQs (e, para ser justo, não é só com a Panini também) que isso ocorre. Mangás e os encadernados da Salvat também estão mais caros do que alguns anos atrás.

deadpool00

Não estou aqui para atirar acusações ou justificativas para o aumento de preços nem culpar a Dilma por isso, afinal ainda está mais barato comprar um mensal do que comprar no Comixology as revistas equivalentes. Só que, em minha singela opinião que provavelmente está certa, acho que os esforços da Panini estão no lugar errado. Não é oferecendo um material melhor e mais caro para seus consumidores que irá ampliar a base de compra, e sim barateando o que já temos. Desde que a revista seja legível e não desmanche com brisa forte, ela pode ser até de papiro se for mais barato. Desde que me faça ler mais por um preço válido, qualquer coisa que esteja na Lei de Gil® está valendo.

E além do quê, se você quer uma história com um acabamento melhor, provavelmente vai esperar um encadernado. Que nem eu, aguardando uma coleção de Necrosha para pelo menos entender o que caralhos acontecia naquela merda.

Ou você pode fazer ignorar tudo e comprar a revista do Aranha mais cara sem problemas, sua RYCAAA do caralho.

Sobre Lojinha

Apenas um evangelizador de One Punch-Man, Gintama, Undertale, Community e Cave Story.

Além disso, verifique

Podcast MdM #515: PERIFACON!

As MDManas Ira Croft (@iracroft), Adriana Melo (@adriana_melo) e Dea (@deamelo) bateram um papo reto …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.