Home / Marvel / Os X-men vão viajar com o menino do Radio Flyer!

Os X-men vão viajar com o menino do Radio Flyer!

Não é de hoje que se ouve rumores sobre o futuro dos X-Men na Marvel, afinal com os filmes dos mutantes pela Fox BOMBANDO por aí era mais que natural pensar num boicote por parte da editora (mais especificamente, da Disney) para minar a popularidade dos personagens junto ao “público civil”.

Porque são os únicos concorrentes da Marvel no cinema (cof.. #CHUPA... cof... DC)
Porque são os únicos concorrentes da Marvel no cinema (cof.. #CHUPA… cof… DC)

Não faz muito tempo eu fiz um post onde o editor encarregado Axel Alonso comentava sobre o que aconteceria com a equipe após o evento Secret Wars, respondendo aos rumores de teriam seus títulos cancelados assim como aconteceu com o Quarteto Fantástico. O cara negou tudo, mas não sem antes jogar um miguézinho pra deixar a nerdaiada intrigada.

"É print do trecho do teu outro post?" É. Safado né?
“É print do trecho do teu outro post?” É. Safado né?

Enquanto muitos (eu inclusive) apostavam numa “linha independente” de HQs mutunas ou até mesmo um título periódico baseado numa linha de tempo paralela (como já falaram para o Quarteto – o que seria do caralho). Pois hoje saiu um rumor pelo chégas do Mel Hores do MundoRich Johnston, de que pode acontecer algo bem diferente: mandar todo mundo pro ESPAÇO!

Não, literalmente.

(…) múltiplas fontes dizem que os X-Men descobrirão que as Névoas Terrígenas dos Inumanos são mortais para mutantes. E como elas estarão por todo o planeta, o grupo e todos os mutantes escolherão deixar a Terra, ir para o espaço, e achar um mundo completamente novo.

Mesma realidade, planeta diferente. X-Men no Espaço.

Pode ser mais um rumor safado? Pode. Pode não acontecer? Pode. Mas o Johnston costuma acertar? Costuma. Então vem cagar uma regra comigo. 

Pega o exemplo do Quarteto, que pelo que parece depois de Secret Wars vai se separar, tendo os personagens espalhados pelos títulos da editora (como o Tocha nos Inumanos e o Coisa no Guardiões da Galáxia) – a idéia é não matar os personagens, mas mudar o foco. Isso seria perfeito, por exemplo, para separar de vez o “núcleo cinematográfico” da editora, com Vingadores, Homem Aranha e cia dos mutantes.

Ao mesmo tempo, jogá-los no espaço pode atrair atenção do grande público para propriedades cinematográficas mais interessantes para a editora, como os já mencionados Guardiões ou até mesmo Thanos e sua turminha, trazendo os holofotes pro “núcleo cósmico” e preparando o terreno para o terceiro Vongadires (lembrando também que nas HQs a Kitty Pride recentemente ficou noiva do Senhor das Estrelas)

De mais a mais isso de “limpar o planeta” dos mutantes meio que já foi ensaiado em Disnastia M em 2005, que nada me tira da cabeça que foi resposta à marola provocada pelo segundo filme dos mutantes dois anos antes – logo poderia ser feito novamente. É uma forma de tirar os personagens das suas zonas de conforto e propiciar novas histórias, diferentes daquelas que seriam feitas no cinema.

É dar ao público da HQ algo que eles não poderiam, de maneira alguma, encontrar na telona: ou você também é desses que achava que o próximo Aranha do cinema poderia ser o Miles Morales? Para o leitor de quadrinhos ver algo NOVO, só… nos quadrinhos! Faz sentido, não?

No mais é aguardar para ver. Mas pra quem já viu mutante voltando no tempo e encontrando consigo mesmo só pra criar histórias interessantes, vale a expectativa.

Sobre Tango Commando

Carlos Gardel com colônia de Napalm

Além disso, verifique

Nova hq no Catarse transforma pesadelos em criaturas reais

Em “A Noite Espera”, pesadelos são tornados reais literalmente (ou seria “literaturalmente”?) na forma de …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.