Home / TV / “O Tick vai ser mais sério e mais pé no chão”

“O Tick vai ser mais sério e mais pé no chão”

thetick-139701

Lembram quando falamso aqui que o Tick ganharia um reboot pelo novo serviço de séries da Amazon?

Pois é. Apesar do Tick original, Patrick Warburton, não reprisar mais o seu papel, as notícias eram animadoras. A série original de 2001, apesar de ter sido cancelada com apenas oito episódios, virou cult e tem uma legião de fãs até hoje.

Barry Josephson, que foi produtor executivo da série de 2001, e que também repetirá esse cargo nessa nova série, falou ao EW sobre o reboot:

Eu disse naquela época que a FOX não tinha entendido a série. E eu não acho que naquela época estávamos fazendo o Tick da maneira correta, apesar de estarmos felizes com o resultado.

Então fui falar com o criador do Tick, Ben Edlund, para tentarmos fazer o Tick de novo, mas da maneira correta!

Ben Edlund também está envolvido na produção para dar forma ao Tick, assim como os produtores Josephson e Warburton, e a Sony Pictures TV, que fez a série de 2001. Ou sejE, temos praticamente todos de volta!

Joe Lewis, chefe da divisão de séries da Amazon, também falou sobre como fazer a série do Tick em um mercado em que os super-heróis estão ficando saturados:

Sim, de um lado o mercado de heróis está bem cheio, mas eu acho que nas duas últimas décadas não foi lançado nada como o Tick. Temos uma oportunidade aqui de fazer algo bem diferente. Algo que é cheio de sátira, mas também verdadeiro às comédias de ação de de super-heróis.

Tudo indo bem, né?

Basicamente temos a equipe de responsáveis pela série de 2001 voltando, falando da manutenção do tom satírico e de como aprender com os erros anteriores… Mas eis que Edlund, o criador do Tick, soltou uma frase que deixou a galera meio cabreira:

Temos esse show sobre heróis onde nós conseguimos nos divertir com essa ideia de paródia desse universo. Vai ser mais sombrio e mais pé no chão. E vamos ter uma história de verdade, um mito de herói de verdade.

Roy Price, chefe da Amazon Studios, também disse que pretende levar o Tick a um passo adiante na historia:

Esse formato que a gente tinha, de episódios fechados, não nos deixa entrar a fundo nos personagens, pois cada episódio é meio que um mini-reboot do anterior. Com o formato por demanda da Amazon Video, podemos fazer uma coisa do tipo filmes de cinco horas dentro de 10 capítulos. Assim conseguiremos ir fundo na história e no personagem!

942019-wacky_ninja

Bom, tá claro que os criadores da série original do Tick querem ir pra um outro caminho, principalmente no ritmo da narrativa. O esquema da Amazon é o mesmo do Netflix: tudo liberado de uma vez. Para séries com uma trama mais longa, como House of Cards e Demolidor, isso funciona que é uma beleza. Mas e pra séries que são tipo um Friends da vida? Onde cada episódio meio que se fechava e terminava por ali?

A nova temporada de Arrested Development tentou fazer de uma outra maneira, misturando os dois: tramas que vc se divertia em um episódio só, mas que, no fim, contava uma grande história de 10 capítulos. Isso deixou a série bem confusa no começo, mas no final fez tudo valer a pena.

E sobre ser mais sombrio e pé no chão… Bem, vejo isso como uma maneira de aproximar o Tick mais para os quadrinhos. Que são de humor, mas realmente têm uma pegada um pouco mais séria que na animação e na série de 2001.

Chroma-Tick-1-1992

Ah, e pra fechar o post: já temos o cara que vai interpretar o Tick. Ele é o Peter Serafinowicz, que fez um dos guardas NOVA em Os Guardiões da Galáxia:

Marvel's Guardians Of The Galaxy Denarian Saal (Peter Serafinowicz) Ph: Film Frame ©Marvel 2014

Enfim, espero que os produtores realmente consigam fazer o que querem. Certamente vou dar uma conferida quando sair.

COOOOOOLHER!

Sobre Change

"Sabe outra coisa impossível? Um gorila montado no capitão América. Não sei pq achei essa imagem na internet, mas é sensacional"

Além disso, verifique

Láive ao vivo MdM: GoT FASENDO MELIOR ENTAUM

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.