Home / A Gente Lemos / O Muzinga já está no ar!

O Muzinga já está no ar!

O multipremiado quadrinista (e nosso chégas) André Diniz lançou no FIQ sua mais nova empreitada: o site de webcomics Muzinga.net!

muzingadestacada

Para quem não conhece ou não está ligando o nome à pessoa, o André é figura fácil (pra não chamar de puta velha, digo pioneiro) no ramo da HQ digital no Brasil. Seu primeiro site/editora, o Nona Arte, publicava HQ’s memoráveis como Os Subversivos, Chalaça, Saga de Lucas e tantas outras, com os mais diversos colaboradores (de cabeça, lembro que o Antônio Éder, d’O Gralha, e o Jean Okada, d’Os Exploradores do Desconhecido, davam as caras por lá), abrindo um caminho, na época, ainda bastante insipiente.

Depois o André migrou pro meio impresso (e ganhou prêmios também) chamando inclusive a atenção de mercados internacionais. São dessa época as históricas Ponha-se na rua (com o Éder), Fawcett (com o saudoso mestre Flávio Colin), Subversivos – Ato 5 (com nosso outro bróder José Aguiar) e outros. Destacam-se, nessa fase, os muito famosos e elogiados Morro da Favela e O Quilombo Orum-Ayê.

64450_661546627223060_1867719117_n

Muzinga por Maurício Alves

.

Pois bem, eis que para essa nova empreitada (em parceria com Marcela Mannheimer nas cores), André ressuscitou e reformulou um antigo personagem: o velho imortal Lucas, da veeeelha Saga de Lucas, cresceu e virou Muzinga, uma espécie de Indiana Jones filosófico à caça dos segredos da iluminação humana. Em HQ’s curtas (o site não usa o sistema tradicional de paginação, mas uma HQ tem mais ou menos quatro páginas), Diniz vai contando, semanalmente, pequenos capítulos das aventuras do homem de 200 anos (que ainda não se mostrou tão sacana quanto era em sua outra versão. Aguardemos).

Para acompanhar, também rolam duas outras séries: Jordana, sobre uma mulher e sua filha, recomeçando a vida após o marido ser preso por homicídio. As histórias de Jordana misturam realidade e sonho, quase num processo de relato terapêutico. Completando o pacote, Zaqueu traz as desventuras de um rapaz jovem, que curte desenhar e está meio perdido no momento de sua vida. Diniz ainda promete, para breve, HQ’s baseadas em relatos de pessoas reais, biográficas, quase como rolou em Morro da Favela. Tudo isso marcado pelo traçado anguloso, pouco convencional e fortemente amparado nos processos de gravura apresentado pelo André.

1401143_659947194049670_1028898112_o

Como o próprio diz, a opção pelo meio digital é uma opção pela democratização, pela acessibilidade, pelo futuro – um discurso que hoje tem adeptos do nível de um Brian K. Vaughan, por exemplo, e sua também excelente The Private Eye (ok, vou parar de falar da série por aqui), e outros nem tão notórios, como o Change Blog Dragon.

À partir de primeiro de dezembro, o site também servirá de portal para a venda de HQ’s mais longas, como a inédia Duas Luas (Diniz/Pablo Mayer) publicada somente em Portugal e outras, como Sete Vidas e Morro da Favela, todas em versão e-book.

O Muzinga.net é atualizado todas as terças e sextas e, se meu pitaco vale alguma coisa, vale dar uma conferida!
Muzinga00114

Sobre Poderoso Porco

O mar não tem cabelos. Eu também não.

Além disso, verifique

Nova hq no Catarse transforma pesadelos em criaturas reais

Em “A Noite Espera”, pesadelos são tornados reais literalmente (ou seria “literaturalmente”?) na forma de …

92 comentários

  1. Nem li, mas fica minhas homenagens ao Leslie Nielsen, que morreu em 28/11/10.

  2. Nem li, mas fica minhas homenagens ao Leslie Nielsen, que morreu em 28/11/10.

  3. “se meu pitaco vale alguma coisa”

    Nem vou responder porque não quero ser banido de novo.

  4. “se meu pitaco vale alguma coisa”

    Nem vou responder porque não quero ser banido de novo.

  5. Sasquash, o sidekick do Ultra

    Nosso chégas…. Porco e sua vontade incontrolável de ser chegado da panelinha….

  6. Sasquash, o sidekick do Ultra

    Nosso chégas…. Porco e sua vontade incontrolável de ser chegado da panelinha….

  7. We're up all night t'get LUCKY

    Porco, quando disse “abrindo um caminho, na época, ainda bastante insipiente”, creio que quis dizer “incipiente”.

  8. Porco, quando disse “abrindo um caminho, na época, ainda bastante insipiente”, creio que quis dizer “incipiente”.

  9. não li, mas entendi que é sobre um site de quadrinhos. pode ser que eu dê uma olhada. e quem sabe até deixe um gratúito por lá…

  10. não li, mas entendi que é sobre um site de quadrinhos. pode ser que eu dê uma olhada. e quem sabe até deixe um gratúito por lá…

  11. Pe. Slag do casamento Mari-Dox

    Acho que se o Porco fizesse uns posts sobre jazz, blues, fariam mais sucesso do que o que ele posta normalmente.

  12. Acho que se o Porco fizesse uns posts sobre jazz, blues, fariam mais sucesso do que o que ele posta normalmente.

  13. Cês viram a capa apelativa do Superman e Wonder Woman? Só faltou a pata do camelo.

  14. Cês viram a capa apelativa do Superman e Wonder Woman? Só faltou a pata do camelo.

  15. Wesllandrox, o Furador.

    Without a map

    Without a map

    Without a map

  16. Without a map

    Without a map

    Without a map

  17. Wesllandrox, o Furador.

    Sono é mato.

  18. Sono é mato.

  19. ‘Os Subversivos’ era foda! Pena que não se acha mais pra baixar.

  20. ‘Os Subversivos’ era foda! Pena que não se acha mais pra baixar.

  21. BAZINGA! MUZINGA!

  22. BAZINGA! MUZINGA!

  23. não li, vou direto para o post do change!

  24. não li, vou direto para o post do change!

  25. Não li, só vim pelos comentários

  26. Não li, só vim pelos comentários

  27. “O multipremiado quadrinista (e nosso chégas) André Diniz ” essa porra de blog fazendo jornalismo punheteiro de matéria paga com cerveja! Os desenhos de Diário de um Banana são melhores que essa bosta! Tão recebendo quanto por esse boquete?

  28. “O multipremiado quadrinista (e nosso chégas) André Diniz ” essa porra de blog fazendo jornalismo punheteiro de matéria paga com cerveja! Os desenhos de Diário de um Banana são melhores que essa bosta! Tão recebendo quanto por esse boquete?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: