Home / Das Antigas / O Espírito de casa nova!

O Espírito de casa nova!

E não é assombrando a xoxoteca da sua mãe!

A criação mais famosa do lendário desenhista Will Eisner tem uma nova casa na Dynamite, que anunciou planos para publicar material novo baseado no Spirit. Sem maiores detalhes – como time criativo – revelados até então. E sem revelar também como vão desrespeitar a memória do velho pra ganhar dinheiro, esses filhasdaputa.

“Trazer O Spirit para a Dynamite é um sonho que se torna realidade”, afirmou o CEO da editora, Nick Barrucci, em um pronunciamento. “Na verdade, isso não é um sentimento forte o suficiente. É o sonho de uma vida sendo realizado.” “O sonho de uma vida ganhando dinheiro fácil”, seu puto, só pode. Mas “se bem executado, pode dar certo”.

A editora possui uma tradição forte na retomada de personagens pulp nos últimos anos – publicando novas histórias do Flash GordonBesouro VerdeFantasmaCavaleiro SolitárioZorro dentre outros – mas sem dúvida, dos personagens do período, a criação de Eisner é a mais reverenciada. Éééééé… mais ou menos, maisoumenos né: O Espírito Que Anda, de longe, desse povo aí, é o mais relevante pra história das HQs, JUNTO COM O SPIRIT. Quem é o mais importante eu não sei, mas como é carne nova, vale dar aquela miguelada no produto, pra valorizar, sacumé.

Dynamite – onde os bons personagens/escritores/desenhistas vão para morrer

“Nós esperamos ver os novos gibis da Dynamite do Spirit ultrapassarem a circulação da série original de Will Eisner”, disseram os detentores dos direitos do autor, Nancy Carl Gropper num pronunciamento relacionado. Aham. Sei. Manjam pra caralho das putarias esses dois. Já é complicado contabilizar a circulação de gibis nos anos 40, que dirá equiparar com alguma coisa em termos de venda hoje em dia. No fundo mesmo o que esse povo quer é o bom e velho LARJAN. Quanto mais vender, melhor.

The Spirit estreou em 1940 como um suplemento de jornal e assim permaneceu pelos 12 anos seguintes. O personagem foi visto recentemente nas HQs como parte da iniciativa da DC Comics “First Wave”, durante os anos de 2010 e 2011. Anteriormente, o escritor e desenhista Darwyn Cooke encabeçou uma série, também pela DC, estreando o personagem em 2006. E em 2008, Frank Miller escreveu e dirigiu uma versão cinematográfica do personagem que foi tanto um fracasso de crítica quanto de bilheteria. Olha… a última coisa que eu li do Spirit foi uma minissérie dele com o Rocketeer (aquele filme maneiro lá com a GOSTOSA da Jennifer Connelly), escrito pelo senhor fodão Mark Waid e ilustrado por um monte de nego diferente. E eu gostei, mas não é lá essas coisas. Valeu como uma homenagem bacana. Saiu pela IDW, que aliás publica muita coisa maneira, mas parece que pro mundo só existe Marvel e DC…

Pelo menos tinha a Eva Mendes, Scarlett Johansson, Paz Vega, Stana Katic…

O anúncio vem logo um dia antes do início da Comic-Con International em San Diego, um evento que há muito tempo é associado à figura de Eisner – em grande parte devido ao Prêmio Eisner, batizado em homenagem ao autor e que é entregue no evento desde 1988. Eisner faleceu em Janeiro de 2005, aos 87 anos. Prêmio esse que, verdade seja dita, só serve pra colocarem na capa dos encadernados bacanas pra aumentar o preço dos volumes NAS ALTURAS. E só. E o Eisner que se deu bem, explorou o trabalho de um monte de desenhistas nos anos 40, ganhou uma grana, ficou famoso, e morreu antes do DESGOSTO de ter visto o filme do Miller. Sorte dele, que não virou o Stan-the-thief-and-cameo-man. É esperar pra ver. Ou pegar emprestado na GIBITECA DO ULTRA!

[Muitos reclamaram da qualidade dos posts, muitos da frequência dos mesmos. Mas – como diria uma velha estrela desse site – “ninguém aqui paga minhas contas”, então folodam-se. Mas, como eu sou um cara legal, decidi traduzir um post duma notícia bacana sem MDMizar. Mas como eu não resisto uma babaquice, quem quiser, selecione o texto do post e fique, de presente, com a minha versão da notícia, e você escolhe qual comentar]

[Triplo, estou pelado agora]

Sobre Tango Commando

Carlos Gardel com colônia de Napalm

Além disso, verifique

Nova hq no Catarse transforma pesadelos em criaturas reais

Em “A Noite Espera”, pesadelos são tornados reais literalmente (ou seria “literaturalmente”?) na forma de …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.