Home / TV / A Era Quesada

A Era Quesada


Nacido em Nova Iorque, Queens, Quesada é formado na School Visual Arts, com bacharelado em ilustração. Em 1991, o atual editor da Marvel começa sua carreira no mundo dos quadrinhos na Valiant Comics como colorista.
Por ironia do destino, Quesada começa a desenhar na DC Comics, mais precisamente no Questão, com Denny O’Neil. Um pouco mais tarde ele participou da reformulação do Ray (lembram dele?). Obtendo um bom resultado, Quesada foi incubido de, junto com Danny O’Neil, criar o Azrael! Quesada lançou a Espada de Azrael, a minissérie que lançou o filho de São Dumas ao “estrelato”.

Algum tempo depois Joe redesenhou o uniforme do Batman e, quando se deu conta, estava fazendo trabalhos para as maiores editoras dos EUA: Marvel, DC, Image, Dark Horse e etc…
Em 1994, nosso jovem e promissor artista fundou, junto com a dupla de doises Jimmy Palmiotti e Lauri Bradach, a Event Comics. Depois de um bom tempo na Event Comics e fazendo vários trabalhinhos pelas outras editoras, em 1998 o selo Marvel Knights foi lançado!
Demolidor, Pantera Negra, Inumanos, Viúva Negra e o Justiceiro fizeram sucesso, e Quesada teve participação efetiva aí desenhando o Demolidor, em uma das melhores sagas do herói ao lado de Kevin Smith. Ainda em 2000 Quesada escreveu e desenhou o Homem-de-Ferro, um dos figurões da editora!
Em setembro de 2000 o Presidente da Marvel Bill Jemas convidou Quesada para ser o editor-chefe e ajudá-lo a guiar a editora para uma nova era! Durante os anos de seu cargo, Quesada elevou as vendas em 75%, quebrando vários e vários recordes! Atualmente, a Marvel abocanha quase metade das vendagens de gibi nos EUA.

Bem, essa foi uma pequena biografia de Joe Quesada, o polêmico e competente editor da Marvel. Vamos agora à análise de suas obras? Vamos lá!
Durante esses quatro anos de gestão, Quesada trouxe pra Marvel a melhor fase de sua história… e vou lhes dizer porque!
Vamos ao primeiro objetivo que parece ser o principal da “Era Q”, digamos assim: a humanização total dos personagens… E as linhas MAX, Ultimate e Knights estão aí pra isso. As três trouxeram à Marvel os melhores momentos de sua história: quer algo mais humano que Steve Rogers enfiando o cacete em Hank Pym por ter espancado sua esposa? Quer algo mais humano que os diálogos de Jessica Jones com Luke Cage em Alias? Quer algo mais humano que as atuais histórias do Demolidor escritas por Bendis?
Esses três selos trouxeram à Marvel três características que ajudaram a editora a aumentar as vendas em 75%: ação, humanização e, principalmente, RENOVAÇÃO! Quesada tem trabalhado muito para apagar algumas bobagens feitas pela Marvel nos anos 90… principalmente com os X-Men. Quando o editor-chefe da Marvel chamou Grant Morrison e deu carta-branca para o escritor fazer o que queria nós pudemos ver um dos melhores planejamentos de revistas com o aclamado “Manifesto Morrison”, que colocou os mutunas na linha (ok, ok… manifesto que foi pro inferno com o evento “X-Men Reload”… mas foi bom enquanto durou!).
A Linha Max representou um dos maiores avanços da editora… É claro que a linha Vertigo ainda dá um banho, mas temos que dar os devidos créditos ao selo MAX. Destaque total para Alias, que iniciou um novo conceito no mundo dos super-heróis. Fora o Luke Cage do Azzarello, o Thor de Garth Ennis e a maior série de super-heróis já feita nos últimos anos: Poder Supremo! Essa dispensa comentários.

Mas o grande sucesso mesmo vem na releitura do Universo Marvel: o Ultiverso! O Aranha ganhou uma releitura para os leitores mais novos, os X-Men vieram cheios de ação e Os Supremos foram o grande fenômeno dos últimos tempos. Os vingadores reganharam o carisma perdido ao longo dos anos com o Capitão Intolerante (ele dando um chute na cara de Bruce Banner foi genial), um Thor Hippie e um Homem-de-Ferro bêbo.
No selo Marvel Knights, o Justiceiro de Garth Ennis, o Demolidor de Bendis e o Hulk de Bruce Jones nos trouxeram histórias adultas que não duvidam de nossa inteligência.
Ok, já falamos dos três selos mais legais da editora. E o selo normal? Como fica? Aí podemos citar os heróis que estão em sua melhor fase: Homem-Aranha, Wolverine, Thor, X-Men e etc. Podem conferir!
É claro que a DC tem acertado bastante nos últimos tempos: as várias mini legais do Batman, Identity Crisis e as histórias do Arqueiro Verde estão arrebentando… Mas comparando a atual fase, a Marvel ganha de lavada!
Resumindo: Quesada tem suas falhas… É muito criticado principalmente por ser uma espécie de Eurico Miranda das HQ’s, mas convenhamos: A Marvel está em sua melhor fase. Parabéns ao gordinho!

Sobre Poderoso Porco

O mar não tem cabelos. Eu também não.

Além disso, verifique

Láive ao vivo MdM: GoT FASENDO MELIOR ENTAUM

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.