Home / Cinema / Mark Millar continua metendo o bedelho no cinema

Mark Millar continua metendo o bedelho no cinema

Apesar da má vontade de alguns Mdms com ele, é inegável que, em termos de adaptações para o cinema, o Mark Millar é um sucesso. Além dos Vingadores, que bebe muito da fonte dos Supremos, também tivemos diversas outras adaptações de suas obras, com graus variados de sucesso, indo desde Procurado, que apesar de adaptação ruim me diverte, passando por Kick-Ass e seu final covarde e chegando até a grata surpresa Kingsman e o vindouro Nemesis (que já é uma quase unanimidade que a adaptação do cinema será melhor que a HQ, que não vale o papel onde foi impressa).

E eu comprei um encadernado capa dura dessa merda.
E eu comprei um encadernado capa dura dessa merda.

Talvez devido a estar na crista da onda (fazia tempo que você não via essa expressão, hein), agora o Millar deu para dar pitaco em tudo quanto é produção cinematográfica, especialmente nas ligadas as suas HQs. Um dos pitacos que ele deu foi sobre o terceiro filme do Wolverine, que será uma adaptação da sua HQ do Velho Logan. Mais especificamente, ele esta falando sobre o principal problema da adaptação, que é o fato da HQ ser pesadamente baseada no Universo Marvel ao qual a Fox (que está produzindo o filme) não tem acesso. Para quem não leu, o Wolverine tem como Sidekick um Gavião Arqueiro cego, e viaja pelos Estados Unidos passando por territórios dominados por diversos vilões, e tendo como principal inimigo o Hulk (ops, por falar nisso, spoilers).

Eles não são o importante da história. Eu estruturei de forma que fosse as viagens do Wolverine e que em cada parte dos EUA ele ia encontrar uma situação X, e adicionei os vilões depois. Basicamente um Road Movie do Wolverine, com um amigo a tiracolo. Esse amigo poderia ser o Ciclope, por exemplo, com o visor de Quartzo-Rubi quebrado e tendo que manter os olhos fechados, mas ainda assim insistindo em ir dirigindo (Jatobá curtiu essa frase). Daria para substituir o Hulk pelo Blob, por exemplo (que idéia de merda, Millar).

Eu sempre tive uma opinião similar a essa do Millar. O importante da história do Velho Logan é a jornada, e isso torna tudo interessante, e não que ele enfrenta X ou encontra Y. Em contrapartida, para muitos, a graça do Velho Logan é que ele funciona como um Elseworld, mostrando o estado do universo Marvel depois do evento da união dos vilões para matar todos os heróis (que, aliás, é exatamente o mesmo plot de Procurado, então muito dessa porra é autoboqueteamento do Millar), e tudo isso se perde quando se troca o vilão de alguém importante como o Hulk para um qualquer como o Blob. Lembrando sempre que, em se tratando de um filme do Wolverine, é melhor apostar na merda.

Vai saber o que se passa pela cabeça deles.
Vai saber o que se passa pela cabeça deles.

O Millar também falou um pouco sobre a continuação de Kingsman, filme que foi uma grata surpresa para quase todo mundo que assistiu, e a principal dúvida na mente de geral: Vai prestar fazer uma sequência desta porra sem o Colin Firth, que morre no primeiro filme (ah, por falar nisso, spoilers):

Essa é a dúvida, pois parte do que fez o filme funcionar foi o Colin. Ele é fantástico. Mas queremos manter a integridade da história, então ele tem que voltar de um modo que faça sentido. Estamos trabalhando nisso. Traços gerais da história já foram feitos e os roteiristas estão trabalhando.

O Matthew Vaughn (diretor e roteirista) também já sinalizou que quer a volta do Firth, mas que ainda quer manter a continuação uma história sobre o Eggsy.

Engraçado é ver o Mark Millar pegar problemas que potencialmente podem cagar completamente os dois filmes e tratar como se fossem preocupações menores, como se fosse só mexer um pouco no roteiro e resolver a porra toda. Isso vindo do autor de Kick Ass 2 e Nemesis. Quem esse cara pensa que é, Jesus?

Sobre Maximus

Um carinha do barulho que vai arrumar altas confusões nesse site que é um estouro.

Além disso, verifique

Liga da Justiça: o que deu errado?

Antes de mais nada, o que este texto NÃO É: Uma resenha de Liga da …

[fbcomments url="" width="675" count="off" num="3" countmsg="wonderful comments!"]