Home / Cinema / O Mandarim que não era o Mandarim é o Mandarim mesmo?

O Mandarim que não era o Mandarim é o Mandarim mesmo?

Pois então, nerdaiada que entocha tudo no bocó… Quando saiu Homem de Ferro 3 muitos nerds ficaram revoltados com o tratamento dado pro suposto vilão da trama, o Mandarim

mandarim3

Afinal ver um dos maiores vilões do Homem de Ferro transformado num ator decadente que serviu como alívio cômico no filme não agradou a galera, ainda mais depois de todo background envolvendo os Dez Anéis que foi criado nos filmes anteriores do Ferroso.

Mas eis que hoje, pintou uma notícia que deixou a nerdaiada com a pulga atrás da orelha, e muitos cogitam a possibilidade de uma “redenção” do vilão dos anéis mágicos alienígenas…

Ben Kingsley estava sendo entrevistado pelo Belfast Telegraph, quando perguntaram pra ele como tinha sido trabalhar pra Marvel, e vejam o que o velhaco respondeu:

Foi muito bom, a Marvel tem um esmero muito grande, se preocupa em ter grandes artistas nos seus filmes, podemos dizer com segurança que eles estão no topo do seu segmento nesse momento, nada lá é feito de modo desleixado ou gratuito… tanto que estou trabalhando novamente com eles, mas é um projeto secreto, não posso lhes falar nada sobre isso! Vocês terão de esperar pra ver!

Depois disso, começaram a pipocar especulações a respeito da declaração, e diversas opções do que seria o tal “projeto Secreto” apareceram na net… Alguns acham que ele possa estar apenas dublando algo para o Big Hero 6, já outros apostam num retorno do Mandarim…

mandarim2

O que eu acho? Hum, imaginemos que esse projeto seja realmente um retorno do personagem de Kingsley do filme do Homem de Ferro 3… Seria estranho ver aquele atabalhoado ator desempenhando algum papel de importância no filme dos Vingadores, ou quem sabe alguma ponta no Capitão América…

Então é mais do que lógico imaginar que (assim como teorizou o Resdney Buchemi num dos nossos antigos podcasts) o Mandarim “falso” na verdade era o verdadeiro, e ele se fingiu de idiota para convencer Tony Stark que tudo aquilo que ele viu era uma farsa e o Mandarim não existia (“o maior triunfo do Diabo foi convencer as pessoas de que ele não existe“).

Isso explicaria a existência da organização Dez Anéis desde o primeiro filme, tirando a proposta absurda de que Aldrich Killian estava financiando a organização terrorista que capturou Tony Stark desde o início… o que parecia extremamente improvável.

Sem falar que fazer Kingsley retornar como o Mandarim de verdade, com seus anéis do poder, teria tudo a ver com a proposta da “fase 3” da Marvel, onde os cabras estão imbuídos em levar a “magia” pras telonas (apesar dos anéis nas HQs não serem mágicos, mas sim alienígenas…) além de render uma boa reviravolta pra uma trama de um futuro filme.

Sobre Hell

O Hell, este que vos fala.

Além disso, verifique

Podcast MdM #559: Tentando lembrar das HQs BOAS dos anos 90! Eita porra!

No podcast de hoje os MdMs Hell, Caruso e Daniel HDR chamam a galera da …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.