Home / Brinquedos, Jogos e RPG / Maldição MdM ataca a Disney

Maldição MdM ataca a Disney

Quando você acha que apenas lutadoras do UFC sofrem por terem algum grau de relação com o MdM, saiba que agora afetamos corporações multinacionais.

Não sei se vocês conhecem o jogo Disney Infinity. Ele é um jogo que mistura personagens da Disney, da Marvel e de Star Wars num gameplay meia-boca e bonecos que você pode comprar fisicamente, como esses:

Disney Infinity Toys

Acontece que, mesmo com personagens pouco conhecidos como MICKEY E DARTH VADER, as vendas desses bonequinhos, a maior fonte de renda de um jogo assim, aparentemente não foram satisfatórias. Isso porque a Disney perdeu 147 milhões de dólares com sua divisão de gueimes, e isso a levou a fechar esse setor. Ou seja, desmantelando o estúdio Avalanche, que desenvolvia esses jogos.

Isso significa que não teremos mais jogos da Disney? Não necessariamente, pois provavelmente  ela irá agir como está fazendo com a marca Star Wars: licenciando os produtos para outras desenvolvedoras trabalharam, como a EA fez com Battlefront e a TT faz com os jogos Lego Marvel.

Claro, isso leva a alguns pensamentos sobre a bolha desse tipo de brinquedos físicos relacionados a jogos. No mercado temos a série Skylanders, os amiibos da Nintendo e os produtos de Lego Dimension (que possuem marcas mais variadas como heróis da DC, Senhor dos Anéis, De Volta para o Futuro, Simpsons e Doctor Who).

games-lego-dimensions

Bem, poderíamos discutir sobre como a Disney conseguiu perder com marcas tão fortes atualmente, ou como essa bolha de bonequinhos de plásticos parece estar estourando, mas todos sabemos o verdadeiro culpado dessa derrocada:

porrachange

Mals aê, Disney.

Sobre Lojinha

Apenas um evangelizador de One Punch-Man, Gintama, Undertale, Community e Cave Story.

Além disso, verifique

Podcast MdM #485: Mais Capitã Marvel, o fim da Telltale e mais um monte de outras coisas!

Na primeira parte do podcast Belle Felix, Poderoso Porco, Julia, Cris Pistola e Felipe 5 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários