Home / Quadrinhos / Lanterna Verde O Dia mais C

Lanterna Verde O Dia mais C

Bem… eu sou suspeito de falar dessa revista, pois sou um leitor das antigas, e sinceramente, prefiro muito mais Alan Scott como Lanterna Verde do que qualquer outro detentor do anel…

O roteiro de Steven T. Seagle é bem enxuto, e chega a ser simplório e inocente, como eram as histórias de heróis dos anos 40… situações exdrúxulas que se resolvem banalmente, mas essa era a intenção dele mesmo, fazer uma história dos anos 40…
O problema é que a maioria dos leitores de hoje não se apetecem com esse tipo de história, pois estão acostumados com roteiros mais complexos e elaborados, então certamente estranharão um pouco e talvez até não entendam a homenagem à Era de Ouro.
Resumão da História: Um grupo de nazistas seqüestra um vôo onde se encontra um cientista pra poder usar um aparelho tecnológico que ele inventou pra fazer o Reich vencer a guerra, só que o avião cai nos pântanos de Gotham, e Solomon Grundy aparece pra dar porrada em todo mundo, uma repórter investigativa vai pra lá trás de um furo de reportagem (e ela trabalha junto com o radialista Alan Scott)… e o Lanterna Verde tem que chegar na parada e salvar o mundo.
O ponto alto da revista são os desenhos de John K. Snyder III, sua arte pintada é uma verdadeira obra de arte… já o ponto baixo é o preço, R$ 6,90 por 26 páginas é meio salgado… se você for um saudoso colecionador e rico como eu (aheuaehaueha) adquira sem medo essa revista, mas se você é um leitor mais seleto e não gosta de desperdiçar dinheiro, não precisa adquirir não, pois perder esse exemplar não irá mudar em nada a sua vida.(AHEUAHEUAHEAUEHA)

Sobre Hell

O Hell, este que vos fala.

Além disso, verifique

[A gente lemos COM SPOILEREZES] Júlia, aventuras de uma criminóloga, 1 a 3 (reedição em formato italiano)

2019 foi um ano e tanto para a relação Brasil-Itália, e não tô falando dos …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.