Home / Quadrinhos / Homem-Aranha #38

Homem-Aranha #38


O grande destaque da revista Homem-Aranha desse mês é o início do último arco de histórias desenhado por John Romita Jr. onde, finalmente, é desvendado todo o mistério em torno de Ezekiel.

Amazing Spider-Man #506

No início da fase escrita pelo Straczynski (em Homem-Aranha #7, da Panini), um enigmático novo personagem surgiu: Ezekiel, um cara que tem os mesmos poderes de Peter Parker e que logo que o conheceu fez uma enorme revelação: a origem dos poderes do Homem-Aranha não foi devida apenas à picada da aranha radioativa. Os poderes do aracnídeos seriam de origem sobrenatural e a aranha que o picou apenas cumpriu seu destino.
Viagem ou não, depois disso nosso Amigão da Vizinhança passou a enfrentar cada vez mais ameaças de origens sobrenaturais. Foi assim com Morlun, Shathra, Escavador, Dormanno e outros. E, agora, todas as peças do quebra-cabeças começam a se encaixar e será revelado, de uma vez por todas, o grande segredo de Ezekiel e da verdadeira origem dos poderes de Peter Parker.
Além de ser um arco de histórias importante pra cronologia do Aranha, esse também será o último onde teremos os excelentes desenhos de John Romita Jr., que deixou a revista a partir da edição 509, onde quem assumiu seu posto foi o brasileiro Mike Deodato Jr. no já polêmico arco Sins Past. Portanto, além da ótima história, são os últimos momentos pra curtirmos os desenhos do Romitinha! Nota: 9,0.
Spider-Man/Doctor Octopus: Out of Reach #3

Lixo, podreira da pior espécie. Como eu já disse nos reviews passados, essa minissérie é totalmente dispensável e o Dr. Octopus, embora seja um excelente personagem, já cansou. Depois de tanta exposição que ele teve por causa do filme, ninguém aguenta mais ver a cara e os tentáculos do sujeito. Uma pena. Nessa terceira parte o garoto gênio resolve unir forças com o vilão pra conquistar cada vez mais poder. Aí o Aranha tenta impedir, etc e tal… A chatice de sempre. Nota: 0.
Venom #13

Finalmente a última parte do arco Padrões, onde descobrimos de uma vez por todas como surgiu o novo simbionte alienígena (que não é o Venom que conhecemos) e como a história se interliga com o início de tudo, tempos atrás. Apesar de alguns fatos terem sido revelados, muita coisa ainda ficou sem explicação e os desenhos do Francisco Herrera são “ilegíveis”, se é que vocês me entendem. Eu custo pra entender o que tá acontecendo vendo esses rabiscos dele! Muito ruim mesmo. Nota: 1,0 (só não é zero porque pelo menos acabou a tortura).
Spectacular Spider-Man #12

Quando você estiver já enjoado achando que nada pode ser pior que as duas histórias anteriores, você vai querer vomitar pois essa é a pior parte da revista. Chega a ser pior que Venom. A “história”, se é que tem uma, continua mostrando o Lagarto em crise de consciência e Peter Parker tentando ajudá-lo. Mas não faz sentido, não precisa… é pura enrolação. Você lê vinte e poucas páginas e nada acontece. Além de ter que aturar os horríveis desenhos do Daimon Scott. Vai por mim: não precisa ler isso não. Nota: 0.
E, mais uma vez, na revista de 100 páginas, só se aproveita as 23 páginas da Amazing Spider-Man. É desanimador pagar R$ 6,90 por 23 páginas. Mas, como todo fã do Homem-Aranha bem sabe, ser sofredor faz parte…

Sobre Nerd Reverso

O que esse cara ainda tá fazendo aí? VAI EMBORA DO AMÉRICA!!!

Além disso, verifique

Podcast MdM #559: Tentando lembrar das HQs BOAS dos anos 90! Eita porra!

No podcast de hoje os MdMs Hell, Caruso e Daniel HDR chamam a galera da …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.