Home / A Gente Lemos / A gente lemos: Vizinhos, de Laerte

A gente lemos: Vizinhos, de Laerte

Eu sei que choverão as mesmas piadinhas batidas e repetitivas por parte dos comentários, relacionando a minha predileção pela obra e pelo artista Laerte ao seu travestismo. Acontece. Dá preguiça, mas acontece. A verdade é que hoje, 2013, pra mim não há autor/autora de quadrinhos no Brasil que seja maior do que ele. Não tem. Seja em termos de domínio da técnica gráfica, seja em termos de temáticas abordadas, em forma de abordagem… Laerte é o maior de todos, e não é nem uma questão meramente comparativa – eu simplesmente acho que não tenho lido nada produzido por aqui que tenha o impacto e a lucidez do material que ele tem trazido, simples assim. Isso quer dizer que tudo que ele produz é excelente? Não, claro. Seu último lançamento, por exemplo, a coletânea das tiras de Lola, a andorinha, não me atrai, nunca atraiu, é uma personagem da qual não gosto (antes dela tinha a Suriá, a menina do circo, que eu também não gostava. Acho que o problema é com as séries voltadas para o público infantil. Vai saber).

slide_VIZINHOS_capa-1

Enfim, feito esse preâmbulo, falo então de seu penúltimo lançamento, a graphic novel “Vizinhos”. Parte da série (ou selo?) Mil, criado por Rafael Coutinho (“1000 possibilidades narrativas. 1000 dinheiros no bolso. Assim é a revista 1000, uma publicação de poucas páginas, sem palavras, mas com muito espaço para a experimentação. A tiragem é de 300 exemplares e as 100 primeiras, vendidas a 10 dinheiros, rendem… dinheiro esse revertido para a milenar causa do autor.” segundo a descrição na contracapa do álbum)

Apesar de curta (são apenas 26 páginas), Vizinhos é, até o momento, a mais longa HQ de Laerte. “O Polco ERRAAAAAAAA Muchacha é muito maior, 96 páginas! PQP cara burro!”, alguém fatalmente vai escrever nos comentários. Pois eu digo não! Apesar de ter mais páginas e contar uma história inteira, Muchacha é uma tira seriada, com trechos de quatro quadros contando a história. Diferente disso, Vizinhos é uma HQ mesmo, pensada e executada como tal. Coisa de forma, não de conteúdo.

slide_VIZINHOS_pg2

Enfim, sem diálogos, Vizinhos conta a história de um homem (obviamente sem nome) em conflito com um flanelinha que opera na porta de sua casa. A trama se embrenha na tensão silenciosa decorrente desse embate.

Sem exageros de fanboy, acho que poucos autores fariam uma leitura tão tensa e tão bem retratada sobre algo pequeno do cotidiano como Laerte fez aqui. Vizinhos é angustiante (também pela somatória do papel vermelho e da falta de texto) na medida, a tensão se corta à faca. E o final, bem, o final é o único possível – é um retrato do cotidiano, da vida comum: nenhum Superman (ou Overman) surgirá para arbitrar a disputa e estapear o lado “errado”.

Na arte (aparentemente toda finalizada apenas a lápis), Vizinhos lembra muito o trabalho de Jules Feiffer em “O Homem no Teto”: tudo é rascunhado, há sombras do rascunho ao fundo, como se Laerte fosse um observador daquela história, registrando com pressa tudo o que via para não deixar escapar nenhum detalhe. Pra mim, aí se exprime a genialidade: no traçado rápido, quase descuidado, mas capaz de pôr meio mundo de “desenhistas” no chinelo.

o-cartunista-brasileiro-laerte-lanca-vizinhos-apos-dois-anos-do-incidente-que-o-inspirou-ter-acontecido-em-perdizes-bairro-de-sao-paulo-1372197692405_594x822

Enfim, se você não sacou, Vizinhos é uma crônica do cotidiano magistral. Como praticamente tudo o que leva o nome de Laerte Coutinho (independente da identidade de gênero com a qual ele/a se apresente) vale muito a conferida – e o cofre.

Vizinhos, de Laerte. Pela Narval/Cachalote. 26 páginas, R$20,00, à venda no site da Narval Comix.

Nota: 8
laerte-vizinhos-01-594x822

Sobre Poderoso Porco

O mar não tem cabelos. Eu também não.

Além disso, verifique

[A gente lemos] A arte de Charlie Chan Hock Chye

Quando os caras do Pipoca & Nanquim, pessoas hiper legais e apaixonadas pelas histórias em …

231 comentários

  1. Pequeno Cícero Badernista

    VIDA: porque nem todo mundo tem vizinhas gostosas como nas sitcons.

  2. Rodney da Graça Meneghel

    Não vou fazer nenhuma piada neste seu post podegoso em homenagem e respeito a sua atitude mais cedo.
    Obrigado por banir o Aldair

  3. P. Cícero Badernista

    VIDA: porque nem todo mundo tem vizinhas gostosas como nas sitcons.

  4. Rodney "Dundee" Meneghell

    Não vou fazer nenhuma piada neste seu post podegoso em homenagem e respeito a sua atitude mais cedo.
    Obrigado por banir o Aldair

  5. Eike Esmegma de Chantilly

    legal porco. inclusive li o post.
    mas que traveca feia essa dona sônia hein. só você mesmo pra encarar.

  6. HAHAHAHAHAHAHHAHA esses cara são muito zuero !

    http://kungfurj.com.br/pasta.html

  7. Fã do Laerte desde Piratas do Tietê.. gostei do post!! vou procurar pra ler Vizinhos.

  8. Foloda-se, hoje estreia na Reversoflix nos EUA um novo episódio dos Jovens Titãs em Ação, Estelar a Terrível, em que ela se oferece pra ser a arqui inimiga do Robin e assim ajudá-lo a ser um herói melhor:

    youtube.com/watch?v=u7OHxJALOMQ

  9. Fã do Laerte desde Piratas do Tietê.. gostei do post!! vou procurar pra ler Vizinhos.

  10. Foloda-se, hoje estreia na Reversoflix nos EUA um novo episódio dos Jovens Titãs em Ação, Estelar a Terrível, em que ela se oferece pra ser a arqui inimiga do Robin e assim ajudá-lo a ser um herói melhor:

    youtube.com/watch?v=u7OHxJALOMQ

  11. Laerte é gênio.
    Lembro que em “Los Três Amigos” o Laertón se vestia de mulher em todas as histórias.
    heheheheheh

  12. EPA!!! Só agora notei, é um post sobre algo do Laerte. Vivi pra ver uma crítica do Porco que não é Regra 12.

  13. Sei que o porco já se zoou, mas quer dizer que ele gosta do Laerte por causa da “abordagem” dele?

  14. We're up all night t'get LUCKY

    Modo “leitor do Homolete, com a voz de fanboy do Hell” on:

    O Laerte não é travesti… é crossdresser, seus incultos!

    Modo “leitor do Homolete, com a voz de fanboy do Hell” off.

  15. Modo “leitor do Homolete, com a voz de fanboy do Hell” on:

    O Laerte não é travesti… é crossdresser, seus incultos!

    Modo “leitor do Homolete, com a voz de fanboy do Hell” off.

  16. O Coxinha poderia aprender muito com o Laerte, tipo como fazer algo de útil quando esta drogado.

  17. O Coxinha poderia aprender muito com o Laerte, tipo como fazer algo de útil quando esta drogado.

  18. Change, o cãozinha da sinuca

    Jamais poderíamos cometer o desrespeito de te zoar depois do ato heróico de banir os Ovonautas daqui!

    Três vivas para o Poderoso Porco!!!

  19. pra mim não há autor/autora de quadrinhos no Brasil que seja maior do que ele. – Porco, Podegoso (do alto da sua vassoura significância.)

  20. Change, o cãozinho da revolta

    Jamais poderíamos cometer o desrespeito de te zoar depois do ato heróico de banir os Ovonautas daqui!

    Três vivas para o Poderoso Porco!!!

  21. Change, o cãozinho da revolta

    Está doendo muito, mas vai até o fundo. – Sua mãe, aquela piranha (sentada na minha rola)

  22. P. Cícero Badernista

    Não, pela quadidade superior do material dele, igual tua mãe pelo meu pinto.

  23. calabocaputo.

  24. Ele se auto-zoou esperando ser poupado das zoações necessárias e merecidas. Típico comportamento estelar…

  25. Pequeno Cícero Badernista

    Boto fé Porco, Laerte é mestre mesmo. Mas pro seu púlbico alvo, tem que ser padrão “Agente lemos: uma caraiada de coisa”, que é algo mais padrão mangá e marvel, que é o que o pessoal aqui curte.

  26. P. Cícero Badernista

    Boto fé Porco, Laerte é mestre mesmo. Mas pro seu púlbico alvo, tem que ser padrão “Agente lemos: uma caraiada de coisa”, que é algo mais padrão mangá e marvel, que é o que o pessoal aqui curte.

  27. Wes, o Atenuador de Solidões

    Eu tô querendo comprar essa.

    Boa resenha, Porco.

  28. Eu tô querendo comprar essa.

    Boa resenha, Porco.

  29. PQP, o porco precisa ser tao xarope em suas resenhas/criticas?

  30. E você, com essa camisa aberta? CHAMARIZ DE VIADO!

  31. PQP, o porco precisa ser tao xarope em suas resenhas/criticas?

  32. O COFRE, O COFRE

  33. O Omelete lançou um podcast. Alguém topa encher os comentários de merda lá?

  34. O COFRE, O COFRE

  35. O Omelete lançou um podcast. Alguém topa encher os comentários de merda lá?

  36. Li essa HQ ontem, é bem legal mesmo, vale a pena comprar. Até a resenha do Porco não foi tão ruim.

  37. Li essa HQ ontem, é bem legal mesmo, vale a pena comprar. Até a resenha do Porco não foi tão ruim.

  38. O Laerte manda muito bem cara e o post foi aceitável!!!

  39. O Laerte manda muito bem cara e o post foi aceitável!!!

  40. “O maior de todos”, “Magistral”, “meio mundo de desenhistas no chinelo” e nota…

    …8?

  41. “O maior de todos”, “Magistral”, “meio mundo de desenhistas no chinelo” e nota…

    …8?

  42. Saulo BomHomem Advogado do MdM

    Laerte, o Moranguinho do Crossdressing!

  43. Laerte, o Moranguinho do Crossdressing!

  44. leitorpadrão_d_grandes_portais

    suponho que só vão publicar um post coerente (nota oito – uma obra prima. nota dez deve ser tipo uma obra de machado de assis, ou uma capela sistina) quando o site dos ovos produzir um troll decente. ou seja, nunca. só produzem trolls descentes, que caem mais e mais o nível

  45. litraço_de_4_com_+_um

    suponho que só vão publicar um post coerente (nota oito – uma obra prima. nota dez deve ser tipo uma obra de machado de assis, ou uma capela sistina) quando o site dos ovos produzir um troll decente. ou seja, nunca. só produzem trolls descentes, que caem mais e mais o nível

  46. Gandalf, o ultimo dos bloquead

    Olha Porco, nao deu, nao resisti. É impossível não fazer piada de travesti contigo quando vc mesmo dá a deixa no próprio post:

    “pra mim não há autor/autora de quadrinhos no Brasil que seja maior do que ele.”

    “Laerte é o maior de todos, e não é nem uma questão meramente comparativa”

    Agora, a Ariadna sabe que tu conhece o Larte tao intimamente assim?

  47. Olha Porco, nao deu, nao resisti. É impossível não fazer piada de travesti contigo quando vc mesmo dá a deixa no próprio post:

    “pra mim não há autor/autora de quadrinhos no Brasil que seja maior do que ele.”

    “Laerte é o maior de todos, e não é nem uma questão meramente comparativa”

    Agora, a Ariadna sabe que tu conhece o Larte tao intimamente assim?

  48. Slag, kaiju da fenda do seu cu

    Ótimo post e a nota foi mais do que merecida. Porco justo como sempre! (Aldair’s syndrome)

  49. Ótimo post e a nota foi mais do que merecida. Porco justo como sempre! (Aldair’s syndrome)

  50. Laerte é realmente um dos gênios desse país. Quase um Quino verde e amarelo.
    Além de ter sido um dos pioneiros na história de ‘Invasão mexicana’ junto com o Glauco e o Angeli em Los 3 Amigos!

    E me reservo no direito de não dar pra ele não. E nem pra ninguém também não.

  51. Laerte é realmente um dos gênios desse país. Quase um Quino verde e amarelo.
    Além de ter sido um dos pioneiros na história de ‘Invasão mexicana’ junto com o Glauco e o Angeli em Los 3 Amigos!

    E me reservo no direito de não dar pra ele não. E nem pra ninguém também não.

  52. Contenha-se Porco! Laerte é uma senhora, nada de ficar de saliências com ela.

    Brincadeiras a parte, Laerte é foda demais mesmo. Também não gosto da Lola, mas a série dele da gata é perfeita. Bem como as tirinhas da Muriel. Acho algumas posições do povo adepto do crossdressing e também dos transexuais meio contraditórias, mas Laerte é sempre lúcido em suas provocações.

  53. Contenha-se Porco! Laerte é uma senhora, nada de ficar de saliências com ela.

    Brincadeiras a parte, Laerte é foda demais mesmo. Também não gosto da Lola, mas a série dele da gata é perfeita. Bem como as tirinhas da Muriel. Acho algumas posições do povo adepto do crossdressing e também dos transexuais meio contraditórias, mas Laerte é sempre lúcido em suas provocações.

  54. Eu sei que choverão as mesmas piadinhas batidas e repetitivas por parte dos comentários, relacionando a minha predileção pela obra e pelo artista Laerte ao seu travestismo. Acontece. Dá preguiça, mas acontece

    O que acontece? A veadagem?A vontade de se vestir de mulher?O que a torcida do Cruzeiro que fã de vôlei ia falar disso, Porco?

    A verdade é que hoje, 2013, pra mim não há autor/autora de quadrinhos no Brasil que seja maior do que ele.

    Maior?Hum…

    Laerte é o maior de todos

    Não seja repetitiva.

    Lola, a andorinha, não me atrai, nunca atraiu

    E se fosse “Rola”?

    E o final, bem, o final é o único possível – é um retrato do cotidiano, da vida comum: nenhum Superman (ou Overman) surgirá para arbitrar a disputa e estapear o lado “errado”.

    O Superman ideal não estapeia.Ele resolve tudo na conversa.

  55. Eu sei que choverão as mesmas piadinhas batidas e repetitivas por parte dos comentários, relacionando a minha predileção pela obra e pelo artista Laerte ao seu travestismo. Acontece. Dá preguiça, mas acontece

    O que acontece? A veadagem?A vontade de se vestir de mulher?O que a torcida do Cruzeiro que fã de vôlei ia falar disso, Porco?

    A verdade é que hoje, 2013, pra mim não há autor/autora de quadrinhos no Brasil que seja maior do que ele.

    Maior?Hum…

    Laerte é o maior de todos

    Não seja repetitiva.

    Lola, a andorinha, não me atrai, nunca atraiu

    E se fosse “Rola”?

    E o final, bem, o final é o único possível – é um retrato do cotidiano, da vida comum: nenhum Superman (ou Overman) surgirá para arbitrar a disputa e estapear o lado “errado”.

    O Superman ideal não estapeia.Ele resolve tudo na conversa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários