Home / A Gente Lemos / A Gente Lemos: Beladona

A Gente Lemos: Beladona

Finalmente, depois de alguns dias de espera chega às minhas mãos um exemplar de “Peladona” Beladona, a HQ de Ana Recalde e Denis Mello que já era muito falada enquando webcomics e que figurou por algumas vezes na lista de melhores HQs do prêmio HQMIX… Agora como obra gráfica, financiada pelo Catarse com o apoio da Petisco e da Editora Avec.

beladona1

Com orelhas escritas por caras do gabarito de Julio Shimamoto (um dos papas das HQs de terror nacional) e Danilo Beyruth, Beladona impressiona já de cara pelo trabalho gráfica, são 200 páginas contendo todo o material que saiu no site da Petisco (que eu não conhecia) além de dois capítulos exclusivos só pra versão impressa…

O formato um pouco diferenciado (18,5 × 30,0 cm) pode causar estranheza no início, e criar algumas dificuldades na hora de colocar na prateleira, mas no meio dessa infinidade de formas e tamanhos que as editoras nacionais vivem, isso é o de menos… Com o interior todo em papel couché COLORIDO e capa cartonada a edição impressiona pela beleza e qualidade gráfica, não ficando atrás de nada que se tenha visto no mercado de encadernados até agora.

Mas e o conteúdo? Bem, vamos lá!

A história de Ana Recalde narra a trajetória de uma garota, Samantha, que desde criança é assolada por sonhos (pesadelos na verdade) tão estranhos quanto seus próprios pensamentos. Vivendo com sua mãe, sem conhecer seu pai, ela passa pelos perrengues de qualquer criança “esquisitinha” na escola, com bullying das colegas, idas à psicóloga, a perda de seu cãozinho (sim, o cachorrinho morre #BondeDoSpoilerzãoSemFreio) e mais tarde a descoberta dos amores adolescentes…

Tudo recheado com suas passagens pelo mundo dos sonhos, que a coloca frente a frente com criaturas bizarras e situações apavorantes. O início da história (os dois primeiros capítulos) é apresentado como se fossem pequenos contos, mostrando sempre Samantha envolvida em algo que acaba tendo um desfecho algumas páginas adiante… Mas sempre mostrando que há algo maior por trás daquilo…

beladona2

A partir do 3º capítulo a história se expande, ganha corpo e acaba te fisgando explicitando a trama, com capítulos maiores mostrando Samantha (agora com o codinome Beladona) perambulando pelo mundo onírico dos pesadelos, sendo abordada por terríveis criaturas e percebendo que nada daquilo é acaso, na verdade há uma grande razão pra tudo o que acontece com a garota.

A história é boa, apesar de que leitores mais velhacos que tem na sua carga de leitura histórias do Sandman, Máscara Noturna e obras do Clive Barker possam identificar vários pontos similares na trama, ela é apresentada de um jeito muito bom, tem um ritmo que vai crescendo e envolvendo o leitor, com uma tensão escondida ali no meio que vai se revelando aos poucos, até transbordar na reta final da história e nos apresentar alguns atos da “heroína” que não são nada heróicos (puta psicopatinha essa Samantha… mas também, com o pai que ela tem!!)!

beladona4

A Arte de Denis Mello casa muito bem com a história, um estilo caricato (porém sério e “pesado”) quando a história se passa no “mundo real”, ela ganha pinceladas mais furiosas quando migra pro mundo dos pesadelos, tendo duas paletas e cores bem distintas pros dois mundos também, com as cores mais claras (porém “tristes”) no mundo real e mais sombrias e carregadas no mundo dos pesadelos.

Há alguns problemas que envolvem a narrativa, pois os painéis pintados acabam ficando um pouco confusos em alguns momentos da história, principalmente nas sequências de ação (como na luta com os anões).

A edição ainda tem vários extras no final, que mostram um pouco pro leitor como se dá o processo de criação da arte, criação de personagens, artes conceituais, arte-final, colorização e roteiro da revista, além de uma galeria com diversos desenhistas convidados desenhando a personagem principal da HQ.

beladona3

Ontem mesmo no whatsapp do MdM (do qual o Catena é constantemente suspenso) tivemos uma salutar discussão acerca de que, com o advento dos quadrinhos independentes, como poderíamos mensurar um padrão de análise pras HQs já que esses lançamentos em grande parte das vezes tem recursos muito mais modestos e também um know-how muito menor comparado ao trabalho lançado pelas grandes editoras… Mas lhes digo uma coisa, o trabalho gráfico de Beladona é muito bom, pra falar a verdade é melhor do que muito encadernado de editora badalada por aí além de trazer uma história muito legal…

No fim das contas é gratificante ver o quadrinho nacional tratado com esse nível de respeito e acuidade profissional.

Nota: 8,3

Sobre Hell

O Hell, este que vos fala.

Além disso, verifique

[280 ou foda-se] Lúcifer, Finório, Flintstones, Acelera SP, Escalpo (não aquele), Criminosos do Sexo…

Descobri que no mundo da interweb full time, as pessoas não curtem mais ler como …

282 comentários

  1. SÓ LI A NOTA

  2. Esse tem nota,alguém ainda tem coragem nesse brog.

  3. os posts do hell eu leio, ele é o mdm que vale

  4. “Ontem mesmo no whatsapp do MdM (do qual o Catena é constantemente suspenso)”

    IIIIIIH

  5. Po… Esses Japão podiam largar de ser mão de vaca e passarem a fazer os animes assim.

  6. Porco, você usou o perfil do Hell para postar.

    Ou aquela teoria que só tem um redator no MdM e todos os outros são outras personalidades dele é real.

    XOW

  7. A arte parece maneira mesmo Hell, mas pelo que eu estou vendo aqui no Google Ibágens o roxo se mantém predominante em todas as páginas. Pode dizer se isso se mantém na HQ inteira?

  8. taxista da zueira



  9. a arte lembrou algumas historias do sandmam

  10. É ridículo, as lutas são rápidas e eles enchem linguiça com essa introdução do máscara da morte.

  11. tem um ou dois caras ai que ainda se importam, eu não vou mais me operar, decidi fazer academia e dieta

    e deletei facebook, parar de pagar pau para quem caga pra mim

  12. OW GALERA AQUI UM LUGAR BOM PRA VOCÊS DISCUTIREM CAVALEIROS DO ZODIACO: http://blogclimax.blogspot.com.br/



  13. tava falando, porque a dc não faz uma animação com esta qualidade?

  14. eu tava pensando, dragonball Z/GT ficou bem merda depois da saga do cell (isso sendo generoso com a saga do cell, só por que não quero ser radical e falar freezar)

    mas nego tá tão fã, cultua tanto, que çaporra continua ai apesar da qualidade ter caído

  15. NÍVEL DE VERGONHA: OVER 9000
    http://goo.gl/31sVNW

  16. Caralho, o cavaleiro de escorpião é viado? Tava achando que era uma mulher.

  17. Mestre Capi✓✓aroto 16177

    BOLADONA

  18. Por mais que essa parada receba elogios, eu não consigo me empolgar a ler…

  19. Mestre Capi✓✓aroto 16177

    #BondeDoSpoilerzãoSemFreio

  20. Porra, as lutas que são as partes que salvam eles põem bem curtas, fizeram uma história sem pé nem cabeça, ikki só aparece duas vezes, shun mais inútil que nunca.

    Dou nota 3 pra essa porra, e isso pq eu gostei pra caralho da animação.

  21. Detective Porco Police Vlogger

    Alguém ai que conhece a webserie Man At Arms sabe por que aquele ferreiro badass antigo não participa mais? Esses novos são um lixo

  22. Magia a Macumbeira Suprema

    Acabei de ler singularidade e é realmente mas sem sal do que a primeira, mas também em vez de colocar a cavala da xabéu pra dar uns pega no moço eles colocam uma magrela wharevá….

  23. Apesar de ser Marvete, não resisti e comprei o S.H. Figuarts Coringa de Injustice. Por menos de 20 dólares ficou impossível não comprar.

  24. Ana adora spoilers sobre o novo filme de gerra nas estrelas……

  25. Alguém aqui me recomendou captain harlock. Mais alguém recomenda?

  26. Ah, o Hell só comprou porque leu errado e achou que o título fosse Peladona.

  27. (…)apesar de que leitores mais velhacos que tem na sua carga de leitura histórias do Sandman, Máscara Noturna e obras do Clive Barker(…)

    Porcos invejosos dirão que se trata de plágio.

  28. Puta que o pariu, com o preço que tá o controle do x360 compensa comprar um videogame novo.

  29. André Luiz da Silva

    I’ve had my ups and downs, my fair share of bumpy roads and heavy winds.That’s what made me what I am Today now i stand here before you,What you see is a body crafted to perfection A pair of legs engineered to defy the laws of physics…And a mind set to master the most epic od SPLITS.

  30. Mãe do Chris Esposa do Beccari

    Muito Long; Não Li.

  31. Diretor Coulson, O Filho Legal

    Oi.

  32. Wolverésdney, o Ferramenterine

    Beladona?
    Aposto que ela teve a idéia desse título depois de ver a Sra. Mãe dos Leitores passeando com um cachorrinho na rua

  33. Mestre Capi✓✓aroto 16177

    hum.

    viado

  34. sempre que vou em parauapebas passo ´por algumas fazendas do lulinha



  35. Só eu li Peladona?

  36. 3 post no mesmo dia do Hell, pode pedir música, hell.

  37. Que foda, moro na mesma republica a 7 anos, ontem minha namorada veio aqui e brigou com todo mundo, hj eles me convidaram a se retirar…

  38. Boa tarde lamentáveis. Porra que post merda em. Regra 12.

  39. Carai Réu, ótima resenha/critica/review

    Comentou dos Autores, do material da hq, da história em si, traçou comparativos (principalmente a Sandman, que foi o que mais me lembrou) e ainda deu uma nota boa e com critérios.

    Bem que um certo pseudo intelectual que mais sabe elogiar chegas, falar do FIQ e ficar tecendo teorias discussões cretinas poderia aprender com vc

  40. E o a gente lemos CAPAS & GRAVATAS nada né Réu?

  41. O Hell, fazendo resenha de quadrinho nacional? sem nenhuma piadinha? acho que o Podegoso roubou a senha dele…

  42. Sir Jones Kast, Ph.D.

    Nhé, caguei, prefiro ver o filme do Tim Maia…não, não, perdão, caguei para isso também.

  43. CGI.Genital.da.Tartaruga.Ninja

    Alguem leu Cumbe, do Marcelo d’Salete?

  44. MAIS UM POST DO POR… HELL?? MAIS UM POST DO POR… HELL??

  45. HELL QUIS VIRAR ESTRELA MAS SAIU CAMBALHOTA, HELL QUIS VIRAR ESTRELA MAS SAIU CAMBALHOTA

  46. Quincas, O Frustrado

    Abro o post e descubro que se trata de uma HQ chamada BELADONA e não PELADONA!

    Maldita dislexia…

  47. Se fosse o Porco que tivesse escrito a crítica, já ia dizer que as cores estão ruins, que a narrativa esta confusa e que o tema é um arroz-com-feijão requentado.

  48. Que diferença de uma resenha da Bárbara Heliodora dos quadrinhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários