Home / Eventos / Feira do Livro de Caxias do Sul terá bate papo sobre quadrinhos!

Feira do Livro de Caxias do Sul terá bate papo sobre quadrinhos!

feiradolivro

O pessoal (eu incluído) vive reclamando que minha cidade (Caxias do Sul) não valoriza os quadrinhos (e, em geral, não valoriza mesmo). Felizmente, talvez isso esteja começando a mudar.

Este ano, a Feira do Livro tem como patrono o chargista Carlos Henrique Iotti (das tiras do Radicci), e também vai dar mais espaço para a arte, homenageando a ilustradora e escritora local Rita Bromberg Brugger e trazendo a 8ª edição do Atelier Livre.

005arteInspirado no “en plein air” francês, nos “alfrescos” dos ingleses e “aria fredda” dos italianos, o “Atelier Livre” propõe um encontro de artistas e curiosos da arte em diversos espaços para aproximar a arte da população, descentralizar as artes plásticas, unir a classe artística, incentivar a produção e oportunizar o intercâmbio cultural. Esta proposta é da curadora Mona Carvalho, baseada nos impressionistas, que saíram do atelier para produzir ao ar livre e conta com a participação de artistas e também da comunidade. Em outras palavras, a ideia é acabar com esse suposto elitismo e mostrar que a arte é, sim, popular.

Para esta 8º edição, estarão presentes os artistas Giacomin, Artur Volpato, Alexandre Porto, Alexandre Dal Zotto, Cristiano Dalla Rosa, Cristiane Marcante, Daniel D’Angeli (POA), Daniela Antunes, Elisa Zattera, Jaqueline Pauletti, José Alberto Selbach Junior, Florido (SP), Marcos Coutinho, Maicon Damasceno, Natalia Bianchi, Rafael Dambros, Robinson Cabral e Sarah Martinelli Benedetti estarão presentes. Tendo começado em Caxias, o Atelier Livre também teve uma edição este ano no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, e promoveu um “crossover” entre artistas gaúchos e cariocas.

Sem 01

Atrelado a esta 8ª edição está o bate papo “Colocando os Quadrinhos na Rua”, com este redator que vos escreve, também conhecido por Algures, que vai discutir sobre os percalços que o autor de quadrinhos atravessa no Brasil e os novos caminhos que facilitam a publicação de Hqs no país.

A Feira do Livro de Caxias do Sul de 2013 também vai homenagear Iraci Hoch Maboni, que faz um trabalho muito bacana de leitura para deficientes visuais, além de contar com uma porrada de autores convidados e com show de encerramento de Oswaldo Montenegro.

1187271_374982969271136_1266416273_n

Então, se você é de Caxias ou arredores e reclama que por aqui não se leva quadrinhos muito a sério, taí sua chance de ver um evento popular como a feira do livro trazendo um bate papo sobre quadrinhos. Além do mais, vai ser a chance de fazer um CENSO MDM e saber quantos nerds de Caxias e arredores leem essa bagaça.

8º Atelier Livre
29 de setembro de 2013
Das 14h às 17h
Local: em frente à Casa da Cultura, na Rua Dr. Montaury, 133 – Centro

Bate Papo “Colocando os Quadrinhos na rua”, com Rafael Rodrigues
29 de setembro de 2013
Das 17h30min às 18h30min
Local: Vitrine Cultural

Sobre Algures

Oi, meu nome é Algures e eu tenho 36 anos (teria se estivesse vivo). Compartilhe esse post com 20 pessoas e minha alma estará sendo salva por você e pelos outros 20 que receberão. Caso não repasse essa postagem, vou visitar-lhe hoje à noite. Dia 15 de Julho, José resolveu rir desse post, uma noite depois ele sumiu sem deixar vestígios. O mesmo aconteceu com Maria dia 18 de Outubro. Não quebre essa corrente, por favor, a não ser que queira sentir a minha presença (atrás de você).

Além disso, verifique

Nova hq no Catarse transforma pesadelos em criaturas reais

Em “A Noite Espera”, pesadelos são tornados reais literalmente (ou seria “literaturalmente”?) na forma de …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.