Home / Games / Capcom admite que cagou com Street Fighter V

Capcom admite que cagou com Street Fighter V

Street Fighter V, antes de mais nada, é um bom jogo. Um excelente jogo de luta. O problema é que não tem muito o que fazer com ele exceto as partidas online. Sem um modo arcade, um pífio modo de história e desafios que só chegaram um mês depois do lançamento, esses problemas se avolumaram e resultaram em vendas que não foram satisfatórias.

07_chunli_throw

Por causa disso, a Capcom, mais especificamente o produtor  decidiu se pronunciar:

Nós subestimamos a popularidade de alguns desses modos para um jogador. Dito isso, estamos animados sobre os dois modos que temos (história e survival) e temos planos para continuar refinando e expandindo essas experiências.

Como dissemos no passado, Street Fighter V é uma plataforma em evolução que vai continuar a ser refinada e construída com o passar do tempo. Para nós, é uma maratona e não uma corrida de cem metros, e apreciamos todo o suporte.

 

Bem, vamos lá. Os modos single-player são realmente bem fracos em Street V. A história é horrorosa e mal te dá tempo para aproveitar cada personagem, e o Survival não é o suficiente para segurar as pontas. O grande brilho do jogo é o modo online, que foi a intenção da Capcom. Street saiu quando saiu por causa dos torneios da empresa, e teve que sacrificar algumas coisas para isso.

De qualquer forma, essa estratégia de continuar incrementando o jogo ao invés de lançar novas versões é extremamente louvável, mas fica a dúvida se as vendas irão refletir beneficamente essa empreitada.

De qualquer forma, só fiz esse post para mostrar a porrada entre eu, Catena e companhia ontem no Street Fighter V (tem mais vídeo no canal):

Peço perdão pelas pessoas que decepcionei. Só queria dar alegria ao meu povo.

lojinhadavidluiz

(Mas joguei pra caralho na luta dos 17 minutos).

Sobre Lojinha

Apenas um evangelizador de One Punch-Man, Gintama, Undertale, Community e Cave Story.

Além disso, verifique

Dark Wizard, o jogo que você (provavelmente) não conheceu

O auge da minha vida gameística aconteceu ali pelos meus 11, 12 anos, nos primeiros …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.