Home / Previews / AVEC lança n Brasil premiada HQ de terror sueca

AVEC lança n Brasil premiada HQ de terror sueca

Hq de terror nunca é demais. A AVEC editora começa seus lançamentos de 2017 com Alena, HQ de Kim W. Andersson, vencedora do The Adamson Statue – premiação mais prestigiada da Suécia – e que teve recentemente uma adaptação para o cinema.

Na história, a vida da jovem Alena é um inferno. Desde que ingressou em um internato de classe alta, ela foi importunada diariamente pelas meninas mais populares da escola. Sua única amiga, Josefin, se mostra então determinada a não deixar que Alena sofra mais nenhum tipo de mal naquele lugar repugnante e passa a agir para combater qualquer pessoa que possa querer maltratá-la. Há apenas um problema: Josefin está morta há um ano.

Confira algumas páginas da HQ:

Com o lançamento, a AVEC reforça uma de suas linhas de títulos, a que é formada por publicações que têm personagens femininas fortes e marcantes como protagonistas. Alena se une no catálogo da editora a Ember, January Jones e Guardiã, heroínas europeias que estrearam no Brasil em 2016. O tom da obra remete ao melhor da literatura de Stephen King, com Alena sendo frequentemente comparada pela crítica a Carrie: A Estranha. Também não é a primeira HQ de terror que a AVEC lança: a editora publicou as nacionais Beladona (da chégas Ana Recalde) e Carnívora (de Péricles Júnior).

Bem, eu não lembro de já ter lido uma HQ de terror sueca alguma vez na vida, mas a premissa é bem interessante. E, se o cinema e a literatura de horror do país for alguma indicação, esta obra valerá cada centavo. Claro que é cofre na certa.

Quem estiver interessado, a HQ já está em pré-venda no site da AVEC Store e estará nas livrarias nas próximas semanas.

Sobre Algures

Oi, meu nome é Algures e eu tenho 35 anos (teria se estivesse vivo). Compartilhe esse post com 20 pessoas e minha alma estará sendo salva por você e pelos outros 20 que receberão. Caso não repasse essa postagem, vou visitar-lhe hoje à noite. Dia 15 de Julho, José resolveu rir desse post, uma noite depois ele sumiu sem deixar vestígios. O mesmo aconteceu com Maria dia 18 de Outubro. Não quebre essa corrente, por favor, a não ser que queira sentir a minha presença (atrás de você).

Além disso, verifique

Vai ter hq gaúcha na CCXP, sim (e se reclamar, vai ter duas)

Mais especificamente, hqs de artistas de Cachoeira do Sul, que vão ser lançadas na CCXP …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários