Home / Previews / AVEC lança n Brasil premiada HQ de terror sueca

AVEC lança n Brasil premiada HQ de terror sueca

Hq de terror nunca é demais. A AVEC editora começa seus lançamentos de 2017 com Alena, HQ de Kim W. Andersson, vencedora do The Adamson Statue – premiação mais prestigiada da Suécia – e que teve recentemente uma adaptação para o cinema.

Na história, a vida da jovem Alena é um inferno. Desde que ingressou em um internato de classe alta, ela foi importunada diariamente pelas meninas mais populares da escola. Sua única amiga, Josefin, se mostra então determinada a não deixar que Alena sofra mais nenhum tipo de mal naquele lugar repugnante e passa a agir para combater qualquer pessoa que possa querer maltratá-la. Há apenas um problema: Josefin está morta há um ano.

Confira algumas páginas da HQ:

Com o lançamento, a AVEC reforça uma de suas linhas de títulos, a que é formada por publicações que têm personagens femininas fortes e marcantes como protagonistas. Alena se une no catálogo da editora a Ember, January Jones e Guardiã, heroínas europeias que estrearam no Brasil em 2016. O tom da obra remete ao melhor da literatura de Stephen King, com Alena sendo frequentemente comparada pela crítica a Carrie: A Estranha. Também não é a primeira HQ de terror que a AVEC lança: a editora publicou as nacionais Beladona (da chégas Ana Recalde) e Carnívora (de Péricles Júnior).

Bem, eu não lembro de já ter lido uma HQ de terror sueca alguma vez na vida, mas a premissa é bem interessante. E, se o cinema e a literatura de horror do país for alguma indicação, esta obra valerá cada centavo. Claro que é cofre na certa.

Quem estiver interessado, a HQ já está em pré-venda no site da AVEC Store e estará nas livrarias nas próximas semanas.

Sobre Algures

Oi, meu nome é Algures e eu tenho 35 anos (ou teria, se estivesse vivo). Compartilhe esse post com 20 pessoas e minha alma estará sendo salva por você e pelos outros 20 que receberão. Caso não repasse essa postagem, vou visitar-lhe hoje à noite. Dia 15 de Julho, José resolveu rir desse post, uma noite depois ele sumiu sem deixar vestígios. O mesmo aconteceu com Maria dia 18 de Outubro. Não quebre essa corrente, por favor, a não ser que queira sentir a minha presença (atrás de você).

Além disso, verifique

Pacotão de reviews

Como isso aqui tá mais parado que o olho de vidro do Colin Hay nos …