Home / Cinema / A voz de uma geração (de merda) fala sobre seu filme

A voz de uma geração (de merda) fala sobre seu filme

Sim, ele mesmo, Léks Naider Zack Snyder, está tipo ex-BBB na semana seguinte ao programa, dando entrevista em qualquer lugar que o chame para dizer o quanto seu filme é lindo, maravilhoso, bem pensado e vai mudar a história do cinema.

Sucker-Punch-sucker-punch-19983482-1920-1080
Isso vindo do cara responsável por isso aqui.

Primeiro ele deu uma entrevista para o site Filmink focada na Mulher Maravilha e na Gal Gadot:

É incrível ter a Mulher Maravilha em um filme. Não houve uma super heroína dessa magnitude no cinema (#chupaMarvel), e é uma oportunidade incrível para o mundo ter essa personagem incrível e poderosa.

Fizemos testes com várias atrizes, mas a parada é que a Gal é forte, bonita, mas ao mesmo tempo gentil, o que é interessante pois isso dá a ela uma personalidade… voraz? feroz? ou qualquer tradução de fierce que te apeteça.

Fizemos uma caralhada de entrevistas, mas no fim testamos seis atrizes. Ainda assim, vimos e entrevistamos centenas de pessoas.

A piada do “Ela veio com você?” você tem que ver no filme, pois ela se encaixa perfeitamente com o drama do filme, e no contexto faz muito sentido (essa parte tem cara de caô fudido. Não tem problema em ter um chiste no filme cara, não precisa se justificar).

Além disso, o Leleks deu uma entrevista para a MTV falando mais sobre o batmóvel e sobre o filme em geral:

Eu entro muito no batmóvel, mais até do que quando a gente estava filmando. Na hora da filmagem eu fico mais “bota isso ali Lelek, troca aquilo de posição, bum crash pow e zás”

Tipo o Michael Bay, mas só que com mais filtros e câmeras lentas

Mas depois da filmagem eu me amarro nele. Adoro o design, tudo. Ele é ótimo de dirigir, da pra ficar derrapando zuuuum ihihihihih (barulho de derrapada), parece um carro de corrida. E é tipo, super prático. Fizemos uma perseguição gigante com ele dirigindo na boa, o que é Massa, Véio. Ele tem um motorzão de Corvette man.

Ele comentou sobre spoilers, e sobre o trailer dar a porra da trama do filme inteiro, o que ele garante que não é verdade, e que o filme vai ser muito mais que aquilo (assim como a Marvel garantiu que o visual do Hulk não era final no filme solo dele):

O filme é Massa, Véio™ e eu já vi ele, obviamente. É massa que as pessoas achem que o trailer mostrou muito, já que tem muito que não tá no trailer. Tem muito que vocês não sabem. Eu também odeio spoilers! (oportunidade de serem bloqueados por ele no Twitter postando spoilers de tudo que sair). Por isso, quero que as pessoas cheguem no filme sem saber o que vai rolar.

Por fim, ele falou do ponto mais controverso do filme até agora, o Michael Cera com voz de adolescente em amadurecimento que resolveram colocar como Lex Luthor no filme:

No trailer, ele dá uma impressão muito específica. No filme, ele é tipo um zilhãozão de vezes mais sofisticado, legal, fodão e pirocudo do que deu para ver naqueles 30 segundos. Mas essa é a graça, quando você for ver no cinema você vai poder ver todo contexto e entender a complexidade ao contrário do que eu fiz quando li Watchmen.

Pra fechar (e deixar os DCNecos molhadinhos), saiu um novo poster do filme, que nada mais é do que uma colagem daqueles trailer estilo cartaz que tinha saído antes:

CYEdJ-MUkAAThkU

Vou falar uma coisa procêis. Não sei se é culpa do Mdm, mas não consigo mais levar a sério o que o Snyder fala. Toda vez que ele fala que o contexto vai mostrar que as coisas são bem mais complexas e profundas e legais e Massa, Véio™ eu lembro da obra dele. Que tipo de profundidade esperar do cara que criou Sucker Punch, um filme que confunde complicado com profundo, ou pior, com o cara que conseguiu ler Watchmen e não entender nem o Ozymandias, que é um personagem com motivações bem claras, que dirá o resto. Você leva a sério quando um cara desses fala que o filme e os personagens vão ser complexos?

Sobre Maximus

Um carinha do barulho que vai arrumar altas confusões nesse site que é um estouro.

Além disso, verifique

Podcast MdM #536: Os filmes de super-heróis que (quase) esquecemos

No podcast de hoje os MdMs relembram aqueles filmes de heróis que caíram no esquecimento: …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.